Home / Destaque / Hospital Martagão Gesteira anuncia suspensão de serviços por causa de crise

Hospital Martagão Gesteira anuncia suspensão de serviços por causa de crise

0-ttt

Nesta quinta-feira (14), o Hospital da Criança Martagão Gesteira anunciou a suspensão de serviços para tratamento de milhares de crianças e adolescentes com câncer. Segundo nota, o entidade filantrópica já teria alertado o governo e a população sobre a crise que tem vivenciado devido ao subfinanciamento do Sus (Sistema Único de Saúde).

Atualmente, o maior impacto financeiro sofrido pelas instituições filantrópicas decorre da defasagem da tabela Sus. Nos dados divulgados pela assessoria, desde o plano Real até o ano de 2015, essa tabela teve um reajuste de 93,66%. No mesmo período, a conta de energia sofreu reajuste de 962,19%; a conta de água aumentou 945,10% e o gás de cozinha, mais de 1000%.

Uma consulta com um especialista em que o plano de saúde remunera com cerca de R$ 90,00, o Sus paga pelo mesmo procedimento cerca de R$ 17,00. Já uma diária de internamento, que o plano remuneraria ao hospital cerca de R$ 3.400,00, o Sus paga R$ 1.200,00, menos que a metade. Segundo o hospital, esse são valores insuficientes para cobrir os custos das instituições e manter esses serviços. A dívida atual do Hospital Martagão Gesteira é de mais de R$ 25 milhões

A nota diz ainda que um ofício já foi destinado aos secretários de saúde, do munícipio e do estado, comunicando que em trinta dias, serão iniciadas uma série de ações que podem gerar o encerramento de atividades da unidade. Será dado inicio a suspensão do serviço de neurologia, redução de 50% das cirurgias cardíacas, suspensão de casos novos de oncologia e suspensão do serviço de assistência aos portadores de fissuras lábio palatinas. O hospital diz ter solicitado uma garantia de acesso dos seus pacientes à rede pública, além do acompanhamento pelo MPE (Ministério Público Estadual) deste processo de transferência.

– É inquestionável a importância do SUS, o pleito é para que ele seja fortalecido com a correção dos valores de repasse. O provável fechamento dos hospitais filantrópicos representa a própria morte do Sistema Único de Saúde. A Bahia está de luto.

Serviços suspensos:

Suspensão do serviço de neurocirurgia, único serviço especializado em neurocirurgia pediátrica do SUS de Salvador e referência para todo o Estado da Bahia, pois não é possível manter sua operação pela falta de abastecimento de materiais e débitos com a equipe neurocirúrgica.

Redução em 50% das cirurgias cardíacas, pois já são altas as dívidas com fornecedores e estes já se recusam a fornecer os materiais mais caros. Resta para o hospital apenas a possibilidade de desempenhar metade da sua capacidade instalada, o que representará em torno de 120 crianças por ano.

Suspensão de casos novos de oncologia, que há 30 anos é referência no tratamento multidisciplinar do câncer infantil da Bahia, devido ao criticismo da situação das 150 crianças já em tratamento e para garantir que estas sejam acompanhadas até o final

Suspensão do serviço de assistência aos portadores de fissuras lábio palatinas, implantado no Martagão Gesteira há mais de 3 décadas, que atendia a aproximadamente 110 crianças por ano.

Além disso, verifique

Jequié: Operador de máquina morre após veículo tombar durante serviço na zona rural

Share this on WhatsApp Um operador de máquinas morreu após uma máquina que ele operava ...

Deixe um Comentário