Home / Brasil e Mundo / Jovem morre eletrocutada em carrinho bate-bate na cidade de Goiânia

Jovem morre eletrocutada em carrinho bate-bate na cidade de Goiânia

lidia-horiz

Uma operadora morreu enquanto trabalhava em um parque de diversões da cidade de Goiânia, na noite de sábado (23). De acordo com o portal G1, a suspeita do Corpo de Bombeiros da cidade é que Lídia Alves dos Santos Brito, 19 anos, tenha sofrido um choque elétrico quando cuidava do brinquedo conhecido como carrinho de bate-bate.

“Ela estava trabalhando no parque de diversões do shopping, quando caiu no chão, em uma parte que é de ferro, e foi eletrocutada. Os bombeiros até tentaram reanimar a vítima, mas sem êxito”, relatou o subtenente da Polícia Militar, Júlio César Eugênio, ao G1.

O corpo da jovem foi levado ao Instituto Médico Legal e a causa do óbito foi dada como “indefinida, a esclarecer por exames”. No entanto, ainda de acordo com o G1, o médico legista assinala no documento que a provável circunstância da morte foi um acidente não natural.

A assessoria de imprensa do shopping onde aconteceu o acidente informou por meio de nota que a brigada do shopping chegou logo após o acidente e prestou todo atendimento, mas a vítima não resistiu.

A empresa Sweet Play, onde Lídia trabalhava, disse que está consternada com a fatalidade envolvendo sua funcionária. O comunicado ressalta ainda que até segunda-feira (25) uma equipe de peritos especialistas em segurança de parque, contratada pela empresa, vai chegar a Goiânia para fazer a análise do acidente e no sistema que opera o carrinho de bate-bate.

Além disso, verifique

Briga de irmãos termina com faca cravada na cabeça de jovem adolescente

Share this on WhatsApp Uma briga entre irmãos quase termina com uma tragédia. Ao tentar ...

Deixe um Comentário