Home / Destaque / MPF denuncia seis pessoas por fraudes em licitações em 22 municípios da Bahia

MPF denuncia seis pessoas por fraudes em licitações em 22 municípios da Bahia

80bxuohea1_6aedjvvpiq_file

O MPF (Ministério Público Federal) denunciou seis pessoas suspeitas de integrar uma organização criminosa que fraudava licitações e desviava recursos públicos federais no município de Castro Alves, cerca de 200 km de distância para Salvador. A informação foi divulgada pelo órgão na última terça-feira (20).

Segundo o órgão, o grupo é investigado desde 2010, quando a Operação Carcará, deflagrada em conjunto pelo MPF, Polícia Federal e Controladoria Geral da União, comprovou a atuação dos suspeitos também em outros 21 municípios baianos. A denúncia contra os suspeitos foi feita pelo procurador da República do MPF de Feira, Samir Cabus Nachef Júnior. De acordo com o órgão, a quadrilha formou diversas empresas de fachada para ganhar licitações nos municípios. A operação foi batizada de Carcará.

Por meio de nota, o MPF, informou que o grupo atuava contatando servidores públicos para garantir que as empresas pertencentes à organização criminosa fossem vencedoras das licitações. Depois, era possível realizar os desvios subsequentes: ou superfaturando os preços ou não entregando parte das mercadorias pagas.

Duas das empresas ligadas ao grupo venceram as licitações e efetuaram os desvios de verbas em Castro Alves, envolvendo, inclusive, recursos provenientes do Programa Nacional de Alimentação Escolar, que deveria ser usado na merenda escolar. Ainda de acordo com o MPF, todos respondem por fraude a licitações, por constituição de associação criminosa e por corrupção ativa.

Além disso, verifique

Vigilância Epidemiológica mapeia quem esteve com Augusto Castro nos últimos dias

Share this on WhatsApp Uma equipe do Departamento de Vigilância Epidemiológica de Itabuna já está ...

Deixe um Comentário