Home / Destaque / Justiça Federal nega pedido de suspensão das provas do Enem

Justiça Federal nega pedido de suspensão das provas do Enem

A Justiça Federal no Ceará negou nesta quinta-feira (3) o pedido do Ministério Público Federal do estado de suspensão das provas do Enem marcadas para os dias 5 e 6 de novembro em todo país. Na decisão, de caráter liminar, a juíza Elise Avesque Frota diz que “apesar da diversidade de temas que inefastavelmente ocorrerá com a aplicação de provas de redação distintas,  verifica-se que a garantia da isonomia decorre dos critérios de correção previamente estabelecidos”.

MPF pediu na quarta a suspensão do Enem em todo país por conta da ocupação em escolas que vai adiar o exame para mais de 191 mil candidatos no Brasil. A nova data para estes alunos será 3 e 4 de dezembro. Para o MPF-CE, devido à teoria de resposta ao item, os candidatos farão prova com mesmo nível de dificuldade, mas a redação com temas diferentes trará um desequilíbrio para a seleção e vai ferir a isonomia do Enem.

Veja lista das escolas afetadas 

O Ministério da Educação (MEC) negou a acusação de que temas diferentes iriam prejudicar os alunos. O MEC informou que “todo ano, o Enem realiza dois tipos de prova e, consequentemente, duas redações. As provas do Enem têm o mesmo princípio da equivalência garantindo igualdade de condições a todos os inscritos”.  O ministério disse ainda lamentar “qualquer tentativa que venha gerar insegurança e tumultuar um Exame que afeta a vida de 8,6 milhões de estudantes e seus familiares”.

Além disso, verifique

Cabo da Policia Militar se joga de prédio em Salvador

Share this on WhatsApp Um cabo da Polícia Militar se jogou do Edifício André Guimarães, ...

Deixe um Comentário