Home / Brasil e Mundo / Sem polícia nas ruas, Espírito Santo já contabiliza 121 assassinatos desde início da paralisação

Sem polícia nas ruas, Espírito Santo já contabiliza 121 assassinatos desde início da paralisação

53om2dyeyr_1naa9febyc_file

O Sindipol/ES (Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Espírito Santo) informou nesta sexta-feira (10) que ao menos 121 pessoas foram assassinadas no Estado desde o último sábado (4), quando começou o movimento de mulheres e familiares de policiais militares que impedem os agentes de saírem dos batalhões e patrulharem as ruas.

Feito com base em dados do Ciodes (Centro Integrado Operacional de Defesa Social), o número considera as ocorrências até as 10h de hoje e inclui os homicídios no interior e na Grande Vitória.

Somente nesta sexta-feira, foram quatro assassinatos, de acordo com o presidente do Sindipol, Jorge Leal.

O dia com maior número de homicídios foi terça-feira (6), quando 40 pessoas foram mortas no Estado.

O Sindipol alerta, porém que poderá haver uma pequena diferença com as informações do DML (Departamento Médico Legal) em decorrência das causas da morte apontadas pelo órgão. Assim, alguns casos podem deixar de ser homicídios e diminuir o número.

O dado oficial será divulgado pela Sesp (Secretaria de Estado de Segurança Pública) do Espírito Santo, sem data prevista.

Veja a soma de assassinatos no Espírito Santo:

04/02- 08
05/02- 17
06/02- 40
07/02- 22
08/02- 14
09/02- 16
10/02- 04 até as10h
Total: 121 homicídios

Além disso, verifique

Tragédia: Atirador mata 4 e comete suicídio em igreja de Campinas (SP)

Share this on WhatsApp Um atirador abriu fogo em uma igreja em Campinas, a 100 km de São Paulo, ...

Deixe um Comentário