Home / Policial / Mais de meia tonelada de Cocaína apreendida no Porto de Salvador saiu do Paraná

Mais de meia tonelada de Cocaína apreendida no Porto de Salvador saiu do Paraná

17035-2

A Receita Federal informou que a embarcação que transportava a droga apreendida no porto de Salvador saiu do Paraná. Segundo os agentes, os 562 quilos de cocaína, que estavam distribuídos em 20 bolsas e tinham como destino o porto de Antuérpia, na Bélgica. De acordo com a Receita, o navio saiu da cidade de Paranaguá e passou pelo Rio de Janeiro e teve a droga descoberta na capital baiana, mas ainda não se sabe a origem do material ilícito, que ainda será investigada.

Segundo o superintendente-adjunto da Receita Federal, Ricardo Machado, os traficantes utilizaram a técnica criminosa conhecida por “rip-off”, em que a droga é inserida em uma carga regular, sem o conhecimento do proprietário. “Os responsáveis romperam o lacre do contêiner e depois de colocar a droga colocaram outro lacre. A violação pode ter sido feita por pessoas que talvez tenham sido aliciadas para isso, mas as investigações vão dizer”, disse.

A Apreensão

Mais de meia tonelada de cocaína foi apreendida na manhã desta terça-feira (21), no porto de Salvador. A apreensão foi realizada por agentes da Alfândega da Receita Federal, que informou ter localizado a droga distribuída em 20 bolsas, que estavam escondidas dentro de um carregamento de pedra.


De acordo com a Receita, os 562 quilos de cocaína tinham como destino final o porto de Antuérpia, na Bélgica, um dos principais portos da Europa. A operação contou com o apoio do Núcleo Especial de Polícia Marítima da Polícia Federal.

Na tentativa de exportação das drogas, suspeita-se do emprego da técnica criminosa conhecida por “rip-off”, em que a droga é inserida em uma carga regular, sem o conhecimento do proprietário.A droga já foi encaminhada para a Polícia Federal que dará prosseguimento à investigação para identificar os responsáveis.

Além disso, verifique

Esposa de traficante aterroriza comerciantes do Salobrinho

Share this on WhatsApp   Informações chegadas a redação do FR Notícias dão conta que ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *