Home / Policial / Suspeito de matar torcedor do Bahia foi preso em fevereiro por briga com outro tricolor

Suspeito de matar torcedor do Bahia foi preso em fevereiro por briga com outro tricolor

RTEmagicC_suspeitomortetorcedor.jpg

O suspeito de matar o torcedor do Bahia Carlos Henrique de Deus, 17 anos, após o clássico BaVi, no domingo (9), já havia sido preso em fevereiro deste ano após briga com outro tricolor. De acordo com a Polícia Civil, Pietro Henrique Ferreira Caribé Pereira, 25, conhecido como Gringo, é estudante de direito, motorista do Uber e vigilante da Unifacs. Ele nega ligação com o crime, mas foi reconhecido por testemunhas e identificado pela vítima que sobreviveu ao ataque.

Ainda segundo a polícia, em fevereiro, Pietro agrediu um torcedor do Bahia e rasgou a camisa da vítima. Ele ficou dez dias presos no Centro de Observação Penal (COP), na Mata Escura, sendo liberado após pagar fiança. Ele responde pela briga e por tentativa de furto, já que os documentos e o celular da vítima desapareceram após a confusão. Hoje, Pietro teria uma audiência sobre este caso. Além disso, Gringo também já tinha passagem por furto de veículo em 2011.

Segundo a Polícia Civil, ele é suspeito de atirar no adolescente. Outros quatro suspeitos estão sendo procurados por ter ligação com o crime – um deles também teria atirado nos tricolores. Ainda de acordo com a investigação, além de Carlos Henrique e do amigo, que sobreviveu, uma outra vítima foi atingida de raspão – uma mulher que ainda não foi localizada.

“A vítima sobrevivente aponta ele, sem sombra de dúvidas, como sendo o autor dos disparos. Temos outros envolvidos e estamos tentando alcançá-los. São quatro suspeitos que foram em direção à vítima, mas somente dois teriam atirado”, informou a delegada Patrícia Brito, titular da 3ª Delegacia de Homicídios (DH/BTS). O nome do outro suposto atirador não foi divulgado para não atrapalhar as investigações e nem dificultar a prisão do mesmo.

Além disso, verifique

Três são mortos em ações da PM em Narandiba e Sussuarana

Share this on WhatsApp Armas, munições, drogas e coletes balísticos foram apreendidos por policiais militares, ...

Deixe um Comentário