Home / Policial / Padrasto confessa estupro e diz que menina de 2 anos caiu em banheiro após crime

Padrasto confessa estupro e diz que menina de 2 anos caiu em banheiro após crime

O padrasto preso por estuprar uma menina de dois anos, que morreu após o crime, confessou à polícia nesta segunda-feira (19) que cometeu o abuso. Ele inicialmente tinha negado o crime, mesmo após ser preso em flagrante, na sexta-feira (16).
A delegada Juliana Fontes, responsável pela Delegacia da Mulher (Deam), disse que o suspeito foi ouvido novamente nesta segunda-feira, antes de ser conduzido da unidade policial para o Conjunto Penal de Paulo Afonso. A polícia já tinha provas de que o crime tinha sido cometido pelo homem, após exame feito pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT).
O padrasto morava com a mãe da criança, que estendia roupas no varal quando ocorreu o crime. Ele pegou a criança e levou para o banheiro, alegando que iria dar banho nela. Um menino de oito anos e uma menina de cinco anos, filhos da mulher, também estavam na casa quando ocorreu o estupro. A mãe só entrou em casa ao ouvir os gritos da criança, depois do crime.

Além disso, verifique

Adolescente que matou garota de 10 anos diz que estava monitorando há dois meses

Share this on WhatsApp A Polícia Civil e o Departamento de Polícia Técnica (DPT) detalharam, ...

Deixe um Comentário