Home / Policial / Padrasto confessa estupro e diz que menina de 2 anos caiu em banheiro após crime

Padrasto confessa estupro e diz que menina de 2 anos caiu em banheiro após crime

O padrasto preso por estuprar uma menina de dois anos, que morreu após o crime, confessou à polícia nesta segunda-feira (19) que cometeu o abuso. Ele inicialmente tinha negado o crime, mesmo após ser preso em flagrante, na sexta-feira (16).
A delegada Juliana Fontes, responsável pela Delegacia da Mulher (Deam), disse que o suspeito foi ouvido novamente nesta segunda-feira, antes de ser conduzido da unidade policial para o Conjunto Penal de Paulo Afonso. A polícia já tinha provas de que o crime tinha sido cometido pelo homem, após exame feito pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT).
O padrasto morava com a mãe da criança, que estendia roupas no varal quando ocorreu o crime. Ele pegou a criança e levou para o banheiro, alegando que iria dar banho nela. Um menino de oito anos e uma menina de cinco anos, filhos da mulher, também estavam na casa quando ocorreu o estupro. A mãe só entrou em casa ao ouvir os gritos da criança, depois do crime.

Além disso, verifique

Ibirataia: Um dos suspeitos de atirar em grávida morre em tiroteio com a PM

Share this on WhatsApp Um dos suspeitos de envolvimento na tentativa de homicídio contra uma ...

Deixe um Comentário