Home / Destaque / Universal realiza o “Domingo do Perdão”

Universal realiza o “Domingo do Perdão”

Jejum de Daniel é a temporada ideal para fazer de seu corpo a morada do Espírito Santo. Afastando-se das milhares de informações seculares a qual somos submetidos todos os dias, abrimos espaço em nossa vida para dar a merecida atenção às coisas de Deus. Esse processo de limpeza espiritual deve ser realizado com muita atenção e, um ponto em especial, merece todo o esforço de quem está praticando o jejum: o perdão.

“Muitas pessoas que estão fazendo o Jejum de Daniel, e outras tantas que um dia estiveram no nosso meio e hoje se encontram perdidas, não se deram conta de que o principal problema está dentro delas”, explica o bispo Edir Macedo, fundador e líder da Universal.

De acordo com o bispo, as pessoas jejuam, oram, leem a Bíblia e esforçam-se para se aproximarem de Deus, mas não percebem a mudança em suas vidas. Muitas vezes, isso acontece porque elas não conseguiram se purificar totalmente. Embora tenham aberto mão das informações seculares, não foram capazes de se livrar das mágoas que carregam.

“Você precisa se livrar desse peso, essa ‘mala sem alça molhada’. Mas como? Orando pela pessoa! Se você fizer isso, o Espírito de Deus vai mudar o seu coração mediante o seu esforço”, garante o bispo.

Está na Bíblia

Em passagem relatada no livro de Mateus, o Senhor Jesus faz a seguinte afirmação:

 Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós;

Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas. Mateus 6.14:15

“Quer dizer: é um toma lá, dá cá”, ensina o bispo Edir Macedo. “Para você receber perdão você tem que perdoar. E muitas pessoas, infelizmente, estão nas igrejas, mas mantêm o coração preso, amarrado, por conta de não quererem perdoar. ”

Essa falta de perdão não apenas impede que a pessoa esqueça as mágoas, como também impossibilita a atuação de Deus. Todos os homens erram. E, Deus perdoa na mesma proporção que o próprio homem perdoa a seus semelhantes. Quando alguém apega-se ao rancor, fecha a porta de si para Deus.

“Porque a falta de perdão amarra, impede Deus de agir na sua vida”, afirma o bispo.

Não é fácil

Evidentemente perdoar não é tarefa fácil. Isso porque, a maioria das pessoas, ainda se deixa guiar por seu coração, colocando os sentimentos em posição superior ao raciocínio.

“E como perdoar quando não se consegue direcionar o coração a essa atitude? É obvio, afinal o perdão não procede do coração sentimental, mas do intelecto, de uma decisão racional, ainda que o coração diga ‘não’. Me recordo que, algumas vezes, eu fiquei magoado e meu coração estava ficando magoado com uma determinada pessoa e, como conheço a Palavra de Deus, que orienta a perdoar, ignorei o meu coração, que é absolutamente corrupto, e tomei a decisão de obedecer. ”

Essa decisão deve partir da razão. O bispo explica que, no momento em que o homem decide perdoar, o coração grita revoltado, mas ainda assim deve ser ignorado. Se o objetivo do Jejum de Daniel é se aproximar de Deus, seus praticantes necessitam eliminar as barreiras do rancor e da mágoa.

Para ensinar a fazer isso, a Universal realizará, no próximo dia 27, o “Domingo do Perdão”. As reuniões acontecerão às 6h, às 9h30 e às 18h, no Templo de Salomão e na Universal mais próxima de sua casa.

Aproveite a oportunidade e descubra como usar a fé para se purificar completamente e, dessa maneira, estar disponível para o Espírito Santo entrar em sua vida. Fonte: https://www.universal.org/noticias/universal-realiza-o-domingo-do-perdao

 

Além disso, verifique

Tartaruga é encontrada morta em praia de Ilhéus

Share this on WhatsApp Uma tartaruga fêmea foi encontrada morta em uma praia de Ilhéus, ...

Deixe um Comentário