Home / Política / Janot denuncia Lula, Dilma e mais seis petistas por organização criminosa e cobra perda de bens de R$ 6,5 bi

Janot denuncia Lula, Dilma e mais seis petistas por organização criminosa e cobra perda de bens de R$ 6,5 bi

BRASÍLIA (Reuters) – O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou nesta terça-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF) por organização criminosa os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, os ex-ministros Antonio Palocci, Guido Mantega, Paulo Bernardo, Edinho Silva e Gleisi Hoffmann –senadora e atual presidente do PT– e o ex-tesoureiro petista João Vaccari Neto.
Segundo a acusação, pelo menos desde meados de 2002 até 12 de maio de 2016, os denunciados integraram e estruturaram uma organização criminosa com atuação durante o período em que Lula e Dilma presidiram o país para cometimento de uma série de delitos, em especial contra a administração pública em geral.
A denúncia de 230 páginas acusa Lula –que já manifestou intenção de ser candidato do PT ao Palácio do Planalto ano que vem– de ser o chefe da organização criminosa.​

Além disso, verifique

Edição 2018 do Prêmio Maria Felipa homenageará mulheres negras na Câmara Municipal

Share this on WhatsApp A vereadora Ireuda Silva (PRB), vice-presidente da Comissão da Reparação, realiza, ...

Deixe um Comentário