Home / Política / Prefeito é investigado pelo MP-BA por gastar R$ 2,1 milhões com combustível

Prefeito é investigado pelo MP-BA por gastar R$ 2,1 milhões com combustível

Por conta de gastos excessivos com combustível em 2015, o ex-prefeito de Filadélfia, Antônio dos Santos, será investigado pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA). A determinação foi do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), que entendeu os gastos de R$ 2,1 milhões como injustificáveis e aplicou uma multa de R$10 mil ao gestor. A denúncia acolhida pelo órgão aponta irregularidades na aquisição de combustível para veículos de transporte escolar e uma suspeita de superfaturamento.  O prefeito não apontou justificativas para descaracterizar as irregularidades. De acordo com o conselheiro Raimundo Moreira, o valor representou 6,13% da receita líquida corrente do município. “Prefeituras como a de Água Fria, América Dourada e Mirangaba, da mesma região, gastaram em média de 3% da RCL com o abastecimento de veículos utilizados no transporte escolar”, disse. Ainda cabe recurso da decisão.

 

Além disso, verifique

Governador do RJ é afastado por irregularidades na saúde durante a pandemia

Share this on WhatsApp O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou, nesta sexta-feira (28), o ...

Deixe um Comentário