Home / Brasil e Mundo / Velório de Márcia Cabrita tem emoção de amigos famosos e familiares

Velório de Márcia Cabrita tem emoção de amigos famosos e familiares

Márcia Cabrita morreu nesta sexta-feira (10) em decorrência de um câncer de ovário, contra o qual lutava desde 2010. E, no fim da manhã deste sábado (11), amigos e familiares se despediram da atriz em seu velório, realizado Cemitério Parque da Colina, em Niterói. Leticia Colin, que atuou com a comediante em “Novo Mundo” – trama da qual precisou se afastar para continuar o tratamento da doença -, chegou ao local acompanhada de Cintia Oliveira, mulher de Lúcio Mauro Filho.
Família ganha consolo de amigos

Paulinho Serra, comediante que contracenou com Márcia no humorístico “Treme Treme”, do Multishow, também foi ao velório, mesmo de muletas. Amigas de longa data da atriz, Heloísa Perissé e Stella Miranda, diretora dela na peça “Subversões” (2011), se reuniram à família no momento de despedida. “Eu e ela! A pessoa mais HILÁRIA do mundo! Companhia deliciosa! Uma alma cheia de amor! Marcinha, te amo pra sempre! Sei que Jesus já te recebeu!”, escreveu Heloísa em suas redes sociais. Ex-marido de Márcia e pai da filha da atriz, Manoela, de 16 anos, Ricardo Parente ganhou abraço de amigos durante a cerimônia
Filme de ‘Sai de Baixo’ será adaptado após partida da atriz

Antes de ser internada pela última vez, Márcia Cabrita, cuja última cena em “Novo Mundo” foi cortada no último capítulo, estava animada com os planos profissionais. Ela havia sido convidada por Miguel Falabella para atuar no longa inspirado no humorístico “Sai de Baixo”. “Nós nos encontramos na Globo quando ela estava gravando a novela. Batemos um papo, falei sobre o filme, ela estava muito animada. Na história, ela ia voltar a interpretar a Neide Aparecida, que fez no programa. É uma perda imensa. Com tristeza, vou ter que reescrever o roteiro”, afirmou ao jornal “Extra” o artista, elogiado por Samantha Schmütz após polêmica com a atriz no quadro “Show dos Famosos”, acrescentando: “A vida é isso, né? A gente tem que atravessar. Foram muitos anos lutando contra a doença. Márcia era uma pessoa inteligente, querida, amiga. Uma companheira que se vai cedo demais. Márcia vai fazer muita falta”.
(Por Marilise Gomes)​

Além disso, verifique

‘Quero rosas brancas enfeitando meu caixão’, disse técnico de enfermagem à mãe antes de ser entubado e morrer de Covid em MT

Share this on WhatsApp A mãe do técnico de enfermagem Klediston Kelps, de 22 anos, que ...

Deixe um Comentário