Home / Brasil e Mundo / Morre aos 98 anos a atriz Eva Todor, no Rio

Morre aos 98 anos a atriz Eva Todor, no Rio

A atriz Eva Todor morreu na manhã deste domingo (10), aos 98 anos, devido a uma pneumonia. A atriz era viúva e não deixa filhos. Ainda não há informações sobre enterro e velório.
A informação foi confirmada pela sobrinha da atriz Erica Todor ao “UOL”, site do Grupo Folha, que edita a Folha
No começo do ano, a atriz já havia sido internada, no Rio, pelo mesmo motivo.
Diagnosticada com Mal de Parkinson, ela estava afastada das televisão desde 2012. Seu último trabalho foi na novela “Salve Jorge”, da Globo, mas desde 2010 vinha fazendo apenas participações especiais.
Nascida em Budapeste, em 1919, a atriz Eva Todor veio para o Brasil ainda menina, fugindo, ao lado da família, da Europa após a Primeira Guerra Mundial. No Brasil, se dedicou primeiro ao balé, antes de atuar.
Passou primeiro pelo teatro e depois começou carreira no cinema, tendo estreado em “Os Dois Ladrões” (1960), onde atuou ao lado de Oscarito. No ano seguinte, foi contratada pela TV Tupi para “As Aventuras de Eva”. Em seguida, assinou com a Globo, onde esteve em diversas novelas e minisséries.
Participou de “Roque Santeiro” (na versão de 1975), “Sétimo Sentido”, “Partido Alto” “Hilda Furacão”, Top Model”, “Suave Veneno” e “O Cravo e a Rosa”, entre outras obras.
No cinema, deu vida a Kiki Blanche, em “Locomotivas” (1977). “Ela era a dona de um cabeleireiro e tinha sido vedete. Eu entrei, agradou. E nunca mais saí”, disse a atriz em depoimento ao site “Memória Globo”, em 2009, sobre seu início de carreira.
Eva teve dois casamentos. Primeiro foi com o diretor de teatro Luis Iglesias, com quem ficou durante 26 anos. Depois com o engenheiro e empresário Paulo Nolding. O casamento durou 28 anos, até a morte dele.

Além disso, verifique

Família é encontrada morta dentro de casa com churrasqueira acesa

Share this on WhatsApp A polícia acredita que as vítimas morreram asfixiadas após inalarem a fumaça ...

Deixe um Comentário