Home / Brasil e Mundo / Diretor do WhatsApp no Brasil é demitido, “Negão do WhatsApp” na cena

Diretor do WhatsApp no Brasil é demitido, “Negão do WhatsApp” na cena

A desenvolvedora de software corporativo Salesforce demitiu o diretor geral de sua filial no Brasil, Mauricio Prado, outro executivo e um funcionário de sua unidade brasileira depois de uma polêmica criada durante festa à fantasia da empresa no fim de 2017.
Os desligamentos foram uma resposta da matriz da companhia norte-americana a uma denúncia anônima, feita no sistema interno da Salesforce, afirmou um amigo pessoal de Prado, pedindo para não ser identificado. A reclamação era que um funcionário se fantasiou como o “Negão do WhatsApp”, personagem que ficou famoso ao se tornar meme no aplicativo de bate-papo do Facebook.
A versão que circula na empresa é a de que a matriz pediu a demissão desse funcionário logo após a história se espalhar por aplicativos de mensagem. Um diretor da filial brasileira recusou a dispensa. Em represália, teve sua demissão pedida, que, por sua vez, não foi aceita por Prado. A solução foi desligar os três.
A Salesforce Brasil confirmou as demissões, mas não confirmou que a repercussão da festa à fantasia foi a motivação.
Procurado, Prado preferiu não comentar o assunto. O G1 tentou contato com o funcionário que se fantasiou de “Negão do WhatsApp”, mas ele não retornou as ligações.
A Salesforce, que concorre com companhias como Oracle, SAP e Microsoft, informou que o substituto provisório de Prado será o executivo responsável por América Latina, Enrique Ortegon.
A Salesforce já foi indicada pelo LinkedIn e pela revista “Fortune” como uma das melhores empresas para trabalhar em todo o mundo.

Além disso, verifique

EUA: Irmãos torturados pelos pais raramente eram vistos na rua, passavam fome e viviam acorrentados

Share this on WhatsApp Os 13 irmãos da Califórnia que, segundo a polícia, passavam fome ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *