Home / Brasil e Mundo / Diretor do WhatsApp no Brasil é demitido, “Negão do WhatsApp” na cena

Diretor do WhatsApp no Brasil é demitido, “Negão do WhatsApp” na cena

A desenvolvedora de software corporativo Salesforce demitiu o diretor geral de sua filial no Brasil, Mauricio Prado, outro executivo e um funcionário de sua unidade brasileira depois de uma polêmica criada durante festa à fantasia da empresa no fim de 2017.
Os desligamentos foram uma resposta da matriz da companhia norte-americana a uma denúncia anônima, feita no sistema interno da Salesforce, afirmou um amigo pessoal de Prado, pedindo para não ser identificado. A reclamação era que um funcionário se fantasiou como o “Negão do WhatsApp”, personagem que ficou famoso ao se tornar meme no aplicativo de bate-papo do Facebook.
A versão que circula na empresa é a de que a matriz pediu a demissão desse funcionário logo após a história se espalhar por aplicativos de mensagem. Um diretor da filial brasileira recusou a dispensa. Em represália, teve sua demissão pedida, que, por sua vez, não foi aceita por Prado. A solução foi desligar os três.
A Salesforce Brasil confirmou as demissões, mas não confirmou que a repercussão da festa à fantasia foi a motivação.
Procurado, Prado preferiu não comentar o assunto. O G1 tentou contato com o funcionário que se fantasiou de “Negão do WhatsApp”, mas ele não retornou as ligações.
A Salesforce, que concorre com companhias como Oracle, SAP e Microsoft, informou que o substituto provisório de Prado será o executivo responsável por América Latina, Enrique Ortegon.
A Salesforce já foi indicada pelo LinkedIn e pela revista “Fortune” como uma das melhores empresas para trabalhar em todo o mundo.

Além disso, verifique

O chocante caso do casal de serial killers suspeito de vender partes dos corpos de suas vítimas

Share this on WhatsApp Um casal preso no México transportando corpos humanos em um carrinho ...

Deixe um Comentário