Home / Policial / Corpo de jovem sequestrado em Feira é encontrado; polícia suspeita de vingança

Corpo de jovem sequestrado em Feira é encontrado; polícia suspeita de vingança

Sequestrado por três homens na última sexta-feira (5), o jovem Fábio Fellipe Siqueira Firmino, de 26 anos, foi encontrado morto por volta das 8h30 da manhã de segunda (8), no município de Lamarão. O corpo dele estava em estado de gigantismo, na localidade de Soleira, às margens da BR-116, de acordo com informações do Acorda Cidade. Segundo o portal, familiares do jovem já fizeram o reconhecimento da vítima. O delegado Roberto Leal, coordenador regional da Polícia Civil, contou que o rapaz estava algemado com algemas de ferro, tinha diversas perfurações por disparos de arma de fogo e vestia a mesma roupa do dia em que houve o sequestro. A polícia aponta que havia um mandado de prisão preventiva contra o jovem, no município de Taracatu, em Pernambuco, pelo homicídio do ex-vereador Toinho Sabino, no dia 23 de julho de 2017. Por conta disso, a linha de investigação sugere que tenha sido um crime de vingança. “Ele se envolveu nesse crime, acabou tendo a prisão decretada e por esse motivo evadiu-se da cidade. Veio se esconder em Feira de Santana. No dia do fato houve um desentendimento entre Toinho e um tio de Fábio em um bar. Depois disso, quando a vítima retornava para casa foi atropelada e depois executada por um homem chamado Clécio em companhia de Fábio. Fábio estava escondido em Feira de Santana por estas circunstâncias. Temendo a ação da justiça e a vingança da família da vítima”, detalhou o delegado em entrevista ao Acorda Cidade. Já a família de Fábio afirma que ele tratava de um quadro de depressão após ter presenciado o assassinato. No momento, a polícia aguarda o laudo cadavérico do corpo de Fábio, que será realizado pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Serrinha.

Além disso, verifique

Preso homem que estuprou bebê de quatro meses em Santa Maria

Share this on WhatsApp O homem acusado de ter estuprado uma criança de quatro meses ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *