Home / Política / Temer não consultou Conselho da República para decidir sobre intervenção no Rio

Temer não consultou Conselho da República para decidir sobre intervenção no Rio


O presidente Michel Temer não chegou nem a consultar o Conselho da República para tomar a decisão de realizar intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro. De acordo com a Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo, o colegiado é um órgão superior de consulta da Presidência e tem a atribuição de se pronunciar sobre intervenção federal, estado de defesa e estado de sítio. Ouvir a opinião do conselho é algo opcional e não há necessidade de o presidente seguir a orientação dada por ele, mas, segundo juristas, como a situação é extrema – a medida não é adotada desde a Constituição de 1988 – Michel Temer deveria ter ouvido o colegiado, ainda mais por ser um advogado constitucionalista. Ainda segundo a publicação, o presidente também não acionou o Conselho de Defesa Nacional, que tem entre suas atribuições, assim como o Conselho da República, opinar sobre decretação de intervenção federal. Entre aliados de Temer, há avaliação de que o presidente não apenas usou como critério para decretar a intervenção o quadro de violência no estado, mas também por estar de olho em um eventual aumento de popularidade e, assim, se cacifar nas eleições presidenciais

Além disso, verifique

Deputado Arimateia apresenta Moção de Repúdio pelo extermínio de cães de rua em cidades sede da Copa do Mundo na Rússia

Share this on WhatsApp O deputado estadual, defensor assíduo dos animais no estado da Bahia, ...

Deixe um Comentário