Home / Policial / Familiares de adolescente desaparecida após ir ao shopping estão desesperados

Familiares de adolescente desaparecida após ir ao shopping estão desesperados

Familiares da adolescente Bruna Santana Mendes, 16 anos, moradora do município de Serra Preta, estão desesperados com o desaparecimento da mesma. Ela está desaparecida desde a tarde de domingo (18-02-18) em Feira de Santana. “Bruna estava hospedada na casa de familiares na Rua Porto Seguro, bairro Jardim Cruzeiro”, contou Emilly, prima da adolescente. Na tarde dessa segunda-feira, os pais de Bruna compareceram ao Complexo de Delegacia do Sobradinho e registrando a queixa de desaparecimento.

Ainda de acordo com Emilly, Bruna foi vista pela última vez no Boulevard Shopping. Ela estava vestindo blusa branca de manga comprida, saia rosa e calçando tênis. “Um primo levou a garota ao cinema para ela se encontrar com outro adolescente (paquera) e ao retornar para buscá-la não conseguiu encontrá-la. Mas o rapaz que estava com Bruna informou que ao se desencontrar com o primo, ela pegou um mototaxista e retornou para casa”, explicou a prima.

O Mototaxista

“O adolescente que tem 17 anos, que se encontrou com minha prima no Boulevard, já prestou depoimento na delegacia, informando que após o encontro com ela, e o desencontro com o meu primo, ele levou ela até um ponto de motoboy, localizado na frente do shopping e contratou um mototaxista identificado como Pit, para que levasse ela até a residência onde a mesma estava no Jardim Cruzeiro”.

“O negocio foi que ficarmos certo de pegá-la as 17 horas, no Boulevard, só que quando chegamos lá, ela não estava, daí começamos a procurá-la. Em seguida, fomos atrás do paquera dela e o mesmo informou, que desencontrou conosco e que levou ela até o motoboy para que levasse pra casa”.

“Retornamos na casa, já que a mesma estaria fechada, onde teríamos ido buscá-la. Mas, como eu e minha mãe moramos no mesmo bairro, porém em ruas diferentes, acreditamos que ela ao chegar e encontrar a casa fechada, saiu para ir a procura da nossa casa, já que ela não sabe andar direito aqui. O que está nos deixando preocupado, é o horário que não ta batendo, marcamos as 17 horas, não a encontramos, o paquera disse que levou ela pro motoboy as 18h30 pra as 19 horas. Se marcamos as 17, não a encontramos, daí começamos a procura-la”, contou Emilly.

Os pais de Bruna informaram que a família conhece a família do paquera dela e que não sabe o que aconteceu. “O que não resta é esperança e ajuda das pessoas que saibam o paradeiro de nossa filha, ela não teve e nunca teve problemas dentro de casa, ela estava aqui na casa do primo, para tirar documentação, como RG e CPF. A polícia já está investigando, já ouviu o motoboy, o qual fez o trajeto com a polícia do ponto até a casa no Jardim Cruzeiro. Então, pedimos para as pessoas que tiverem informações que entre em contato urgente com as policias Civil e Militar”, finalizou a prima

Além disso, verifique

Cabo da PM que tentou agredir comandante em Itabuna está em prisão domiciliar, diz APPM

Share this on WhatsApp Na última segunda-feira (16), uma cabo da Polícia Militar foi detida ...

Deixe um Comentário