Home / Destaque / Tristeza: Jovem de Poções desaparecido em 2015 foi enterrado como indigente em Ilhéus

Tristeza: Jovem de Poções desaparecido em 2015 foi enterrado como indigente em Ilhéus

Um desfecho trágico encerrou a angústia da família do jovem Dionínio Messias Silva, desaparecido desde setembro de 2015, na cidade de Poções. Na época ele tinha 26 anos e saiu de casa sem avisar ninguém. Aflita, a família procurou a imprensa na época em busca de informações sobre seu paradeiro. Cartazes foram colocados por toda cidade e em cidades próximas. Mais de dois anos após seu desaparecimento, a família descobriu que Dionísio foi encontrado morto naquele mesmo ano em Ilhéus e, segundo a Polícia Civil, o corpo não possuía documentos. Seguindo o protocolo e passado o prazo legal, em que os legistas aguardam manifestação de familiares e reconhecimento do corpo, Dionísio foi sepultado como indigente em Ilhéus, após ser liberado do IML de Itabuna, 60 dias após ser encontrado. O laudo aponta que o jovem morreu de causas naturais. Com informações do Portal Panorama Geral.

Além disso, verifique

Aumento das falhas na segurança de obras preocupa órgãos de defesa do trabalho

Share this on WhatsApp Menos obras, mas um número muito maior de irregularidades nas normas ...

Deixe um Comentário