Home / Policial / Quatro mil metros de cabos de rede elétrica furtados em três meses na capital

Quatro mil metros de cabos de rede elétrica furtados em três meses na capital

Nos últimos 90 dias, foram registrados pela Diretoria de Serviços de Iluminação Pública (DSIP), vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) de Salvador, o furto de 4 mil metros de cabos de rede elétrica com espessura de 35 mm. Neste período, a maior incidência de furtos foi em grandes avenidas da capital baiana, a exemplo da Avenida Tamburugy (Patarames); Luís Viana (Paralela), nos trechos da Estação Mussurunga, Curralinho e Alphaville; Mário Leal Ferreira (Bonocô); Vasco da Gama; Ogunjá, na região da Praça da Bíblia Sagrada; Avenida Centenário (Barra), na altura do Calabar e próximo ao Viaduto do Canela; Via Expressa Baía de Todos-os-Santos; e Avenida Orlando Gomes (Piatã).

A maior parte desses furtos ocorre à noite, com o auxílio de armas brancas e até mesmo pedras. Após a ação, os vândalos recolhem os cabos para descascar ou queimá-los. Depois, o material é vendido em ferros velhos pelo valor de R$10 por quilo de cobre extraído. Esse procedimento atrapalha a visibilidade do tráfego, deixa cidadãos vulneráveis expostos a marginais. Após a identificação do material furtado, a Prefeitura realiza Boletim de Ocorrência nas delegacias responsáveis por cada região.

A substituição dos materiais roubados no período citado anteriormente resultou em um prejuízo de pouco mais de R$80 mil aos cofres municipais. De acordo com o chefe do Setor de Manutenção e Fiscalização da DSIP, Jucimar Portela, anualmente a Prefeitura tem um gasto extra estimado em R$500 mil apenas para a restituição de materiais elétricos furtados em toda a cidade. Para denunciar o furto de materiais elétricos, o cidadão pode entrar em contato com a Prefeitura através do 156 ou site do Fala Salvador.

Além disso, verifique

Ilhéus registra três homicídios em menos de 24 horas

Share this on WhatsApp Jorge Mário Borges dos Santos, 35 anos, foi assassinado na madrugada ...

Deixe um Comentário