Home / Política / José de Arimateia promove Ação de Conscientização sobre o Lúpus na ALBA

José de Arimateia promove Ação de Conscientização sobre o Lúpus na ALBA

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pelo quarto ano consecutivo, o presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Saúde e Institutos de Pesquisas Afins da Bahia, deputado estadual, José de Arimateia (PRB-BA), realiza uma Ação de Conscientização sobre o Lúpus na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA). Este ano, o parlamentar movimentou a Casa, durante toda manhã desta segunda-feira (dia 7), com um ato em alusão ao Dia Mundial de Conscientização sobre o Lúpus, ressaltado anualmente, em todo o mundo, em 10 de maio, próxima quinta-feira. A doença crônica autoimune, caracterizada por inflamações na pele, articulações, olhos, rins, cérebro, coração e pulmões já atinge mais de três mil pessoas na Bahia e cerca de 1500 somente em Salvador.

Durante a cerimônia, o deputado Arimateia contou que, em Salvador, os portadores do lúpus podem encontrar tratamento em instituições como: o Hospital das Clínicas, Escola Bahiana de Medicina e Hospital Santo Antônio, a última faz parte das Obras Sociais Irmã Dulce. Para ele ainda não há vagas suficientes para todos os pacientes que necessitam do tratamento especializado e contínuo. “Como parlamentar, e sobretudo defensor da bandeira de uma Saúde Pública digna a toda a população baiana, abraço esta causa e reforço o meu apoio à campanha Maio Roxo”, disse.

Ainda em seu pronunciamento o republicano também destacou a relevância da sensibilidade do Governo do Estado, especialmente do secretário Estadual de Saúde, Fábio Vilas Boas, com a atenção especial aos portadores do lúpus, pacientes complexos que precisam de multi-especialidades médicas, e também da necessidade de mais investimentos em pesquisas e implantação do Centro de referência. “Fica aqui o meu apelo e principalmente o meu apoio a todos os pacientes de lúpus do estado, seus familiares e instituições como a Lúpicos Organizados da Bahia (LOBA)”, exclamou.

No evento, a portadora do Lúpus e presidente do Lúpicos Organizados da Bahia (Loba), Jacira Conceição, alertou que os sintomas da doença se parecem com outras enfermidades, situação classificada como obstáculo para um diagnóstico preciso. No ato, ela falou sobre as dificuldades enfrentadas diariamente com o passe livre, acesso ao protetor solar, burocracia para dispensação do medicamento, dificuldade para a realização de exames laboratoriais, falta de médicos especialistas e reumatologistas, além da letargia com a criação do Centro de Referência. “Lembro que somente aos 40 anos descobri o lúpus e fiquei paralisada em cima de uma cama. A população e os profissionais de saúde devem conhecer mais a doença para o bem de todos”, opinou Jacira que, desde de 2004, fundou a Loba na Bahia.

No final do evento, o deputado José de Arimateia garantiu que irá redigir um documento para pontuar todos os entraves mensurados pelos portadores do lúpus com a finalidade de encaminhar as questões para as autoridades competentes.

 


Texto: Ludmilla Cohim

Além disso, verifique

Xique-Xique: Juiz ordena bloqueio de R$ 36 mil por não nomeação de servidores por prefeito

Share this on WhatsApp O imbróglio sobre um concurso público em Xique-Xique, no centro norte ...

um comentário

  1. que interessante a iniciativa. as pessoas não conhecem mesmo a doença. eu sempre recomendo esse site, com informações claras https://www.reumatocare.com.br/lupus.html

Deixe um Comentário