Home / Destaque / MPF denuncia 4 por trabalho escravo em fazendas de cacau

MPF denuncia 4 por trabalho escravo em fazendas de cacau

O Ministério Público Federal (MPF) em Ilhéus (BA) denunciou, na última semana, quatro pessoas por trabalho escravo em duas fazendas de cacau no distrito de Vila Brasil, em Una e na zona rural de Uruçuca. De acordo com as ações penais, ajuizadas pelo procurador da República Gabriel Pimenta Alves na última sexta-feira, 18 de maio, doze trabalhadores viviam em condições degradantes, sem higiene, energia elétrica, água encanada ou banheiros, além de não possuírem seus direitos trabalhistas assegurados. O resgate dos trabalhadores ocorreu em junho e setembro de 2017, após ação conjunta da Gerência Regional do Trabalho, do Ministério Público do Trabalho e da Polícia Rodoviária Federal.

Além disso, verifique

Conquista: Suspeitos de matar pastora têm prisão decretada; pastor continua foragido

Share this on WhatsApp Os dois pastores, um ainda foragido, e o vigilante acusados de ...

Deixe um Comentário