Home / Policial / Mulher de empresário assassinado em Una é presa suspeita de ser mandante do crime

Mulher de empresário assassinado em Una é presa suspeita de ser mandante do crime

A mulher do dono de uma pousada em Comandatuba, distrito de Una, no sul da Bahia, que foi morto a tiros em dezembro do ano passado, foi presa nesta quinta-feira (24) pela polícia por suspeita de ter sido a mandante do crime. Lícia Ferreira Brasil estava com um mandado de prisão preventiva em aberto pelo crime. Ela estava com o marido no momento em que ele foi baleado perto da pousada. Na época ela disse à polícia que tinha conseguido fugir do ataque. A polícia não informou o que motivou o homicídio. O executor, que era funcionário da pousada, foi preso uma semana depois do homicídio, ao se apresentar à polícia e confessar o crime.  O empresário Crispim Gomes, de 65 anos, foi morto a tiros no dia 3 de dezembro. Segundo funcionários, a mulher da vítima chegou na pousada depois do crime e relatou que, quando estava chegando de carro no estabelecimento com o empresário, ela e o marido foram parados em uma cancela que dá acesso ao imóvel por um homem que atirou em Crispim. Após o crime, o suspeito entrou no carro e fugiu levando a mulher da vítima, que foi liberada mais tarde, em uma estrada. *Com informações do G1

Além disso, verifique

Ilhéus registra três homicídios em menos de 24 horas

Share this on WhatsApp Jorge Mário Borges dos Santos, 35 anos, foi assassinado na madrugada ...

Deixe um Comentário