Home / Brasil e Mundo / Policial mata filho, comete suicídio e deixa carta relatando estupro contra a criança

Policial mata filho, comete suicídio e deixa carta relatando estupro contra a criança

Uma policial civil, lotada em Apucarana, matou seu filho de 2 anos com um tiro na cabeça e depois, cometeu suicídio.

Os corpos foram encontrados por familiares nesta sexta-feira (06), em Cambé, no norte do Paraná, porém, de acordo com informações da polícia, o fato aconteceu na quarta-feira (04).

Uma carta da investigadora foi encontrada e relata que o filho teria sido abusado sexualmente pelo pai, que recentemente recebeu o direito da visita assistida.

No papel, ela diz que seu filho não será estuprado, pois ele é um anjo. Confira o que diz na carta.

 

Além disso, verifique

Caso Miguel: laudo pericial aponta que ex-patroa apertou botão do elevador para a cobertura de prédio

Share this on WhatsApp Por meio de perícias feitas no edifício de luxo onde Miguel ...

Deixe um Comentário