Home / Brasil e Mundo / Populares invadem quartel da PM, lincham suspeito de homicídio e queimam corpo

Populares invadem quartel da PM, lincham suspeito de homicídio e queimam corpo

Um grupo de moradores do município de Borba, a 151km de Manaus, invadiu um quartel da Polícia Militar neste domingo (8) e matou um jovem de 18 anos, suspeito de estuprar e assassinar uma adolescente, de 14, no início deste mês. Após o crime, populares atearam fogo no corpo em frente à unidade. Segundo informou o G1, o caso ocorreu no início da noite, na sede da 9ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), localizada na cidade. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), o suspeito havia sido preso por volta de 17h30 e levado para a delegacia da cidade.
Populares invadiram o quartel da Polícia Militar no município de Borba (Foto: Internet)
Por conta da agitação observada com a prisão do jovem, a SSP informou que a equipe da Polícia Civil pediu apoio da PM para fazer o deslocamento do detento até o 9° CIPM, onde ficaria detido. Com a revolta por conta do crime, uma mobilização de moradores foi organizada pelas redes sociais. Dezenas de populares se reuniram em frente ao quartel da PM e invadiram o local. A SSP conta que o suspeito foi retirado do prédio e agredido até a morte em via pública. Após a agressão, a polícia afirma que o grupo colocou o corpo junto a um sofá e, em seguida, fez uma fogueira. Durante a ação, seis policiais militares ficaram machucados com lesões leves. Eles receberam atendimento médico e passam bem, segundo a secretaria. A sede do 9º CIPM também foi depredada durante a ação.

Além disso, verifique

Por mensagem, marido convida amigo para churrasco após matar esposa em SC

Share this on WhatsApp Por meio de mensagens, Marcelo Kroin, de 38 anos, preso suspeito ...

Deixe um Comentário