Home / Destaque / Barro Preto: Ex-prefeita é denunciada ao MPE por contratação irregular

Barro Preto: Ex-prefeita é denunciada ao MPE por contratação irregular

A ex-prefeita do município de Barro Preto, Jaqueline Reis da Motta, foi denunciada ao Ministério Público estadual por irregularidade na contratação do Centro de Integração Empresa Escola – CIEE, no exercício de 2014. Na sessão desta quarta-feira (11), julgou procedente parcialmente a denúncia formulada pelo vereador do município Alain Rocha. O relator, conselheiro Fernando Vita, comprovou, nas apurações realizadas pelos técnicos do TCM, a veracidade da denúncia e as irregularidades cometidas pela então prefeita, e determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual para que se apure a prática de improbidade administrativa. Ela ainda foi multada em R$10 mil.

 

A contratação do Centro de Integração Empresa Escola tinha por objeto a “prestação de serviços no desenvolvimento de atividades para promoção da integração ao mercado de trabalho de jovens com idade entre 14 e 24 anos, através da operacionalização de programas de estágios nas diversas secretarias municipais”, ao custo de R$130 mil. Além de não apresentar razões para justificar o contrato celebrado por “dispensa de licitação”, o que gerou danos ao erário, a relatoria chegou à conclusão, ao analisar o caso, que o objetivo do prefeito, na verdade, era burlar a exigência de realização de concurso público, contratando e pagando como “estagiários” servidores terceirizados para a execução de serviços de responsabilidade de funcionários públicos, o que afronta aos ditames constitucionais. A contratação de tais “estagiários” para atuar na prefeitura, consumiu recursos da ordem de R$ 558.746,10. A decisão cabe recurso.

Além disso, verifique

Jequié: Operador de máquina morre após veículo tombar durante serviço na zona rural

Share this on WhatsApp Um operador de máquinas morreu após uma máquina que ele operava ...

Deixe um Comentário