Home / Política / Ireuda reforça importância de denunciar violência contra a mulher: “Sem denúncia não há punição”

Ireuda reforça importância de denunciar violência contra a mulher: “Sem denúncia não há punição”

A vereadora Ireuda Silva (PRB) lamenta que o Brasil continue figurando na 5ª posição entre os países com maiores índices de violência contra a mulher, mesmo com avanços conquistados ao longo dos últimos anos, a exemplo da Lei Maria da Penha, que completou 12 anos nesta terça-feira (07). “Foram 80 mil denúncias desde janeiro desse ano em todo o Brasil. É uma lástima, e sabemos que o número real é bem maior, porque grande parte das denúncias sequer chega a ser denunciada por conta do medo que sempre aflige as vítimas”, pontua a republicana.

Ireuda menciona que a violência se caracteriza não apenas por agressões físicas, mas também psicológicas, emocionais, sexuais e morais. “Denunciar é de suma importância, porque sem denúncia não há punição. E, se não houver punições exemplares, vamos demorar cada vez mais para mudar a forma como a sociedade encara esse problema. E não é só a vítima que pode se manifestar. É importante que, se uma pessoa testemunha um episódio de agressão, ela contribua de algum modo para que aquilo deixe de acontecer, pedindo ajuda, chamando a polícia…”.

A republicana menciona o caso da advogada Tatiane Spitzner, que morreu após cair do quarto andar do prédio. Ela sofria agressões do marido, muitas das quais eram presenciadas por vizinhos. “Ninguém nunca se preocupou em ajudar, em intervir? Isso é um reflexo da nossa cultura de que não se intromete em briga de marido e mulher. Mas é nesse contexto que tragédias acontecem”, acrescentou.

Além disso, verifique

Operação do MP-BA afasta cinco vereadores de Itapé

Share this on WhatsApp O Ministério Público Estadual (MP-BA) e a Polícia Militar deflagraram operação, ...

Deixe um Comentário