Home / Policial / Megaoperação na Bahia e no Rio prende 13 integrantes de facção e um é morto

Megaoperação na Bahia e no Rio prende 13 integrantes de facção e um é morto

A megaoperação ‘Polêmica’ localizou, nesta quinta-feira (9), 14 criminosos envolvidos com tráfico de drogas, homicídios e roubos a banco. Armas, munições e veículos foram apreendidos com os integrantes da organização criminosa.

Investigada durante 1 ano e meio pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e Superintendência de Inteligência da SSP, a quadrilha era liderada por Alex de Jesus da Hora, o ‘Argentino’, morto em confronto com a PM, no dia 22 de julho deste ano, após explodir bancos, na cidade de Serra Dourada.

Com o mapeamento do escalão secundário da organização criminosa, mais de 200 policiais civis e militares cumpriram mandados de prisão e busca e apreensão, nas cidades baianas de Salvador e Cruz das Almas, além do Rio de Janeiro.

Com mandados de prisão foram capturados Átila Santos Cortes, Breno Tiago Santos de Jesus, Willian Couto Neves, Estanislau do Vale Costa, Jorge Luís Dias Muniz, Rodrigo Santos Lima, Bruno Estefan Almeida de Oliveira e Ana Mary Euzébio de Argolo. Willian Argolo Campos, o ‘Sky’, também foragido da Justiça, atirou durante abordagem e acabou morrendo em confronto

Em flagrantes acabaram presos Caio Oliveira Santos, Filipe Souza Queiroz, Israel de Jesus Santos Filho e Igor da Silva Azevedo. Nas diligências um adolescente foi apreendido. Com o quarteto a polícia apreendeu R$ 3,2 mil em espécie, uma pistola calibre 40, uma pistola calibre 380, três revólveres calibres 44 e 38, munições, além de seis veículos modelos BMW, Sportage, Tucson, Fox, Gol e Honda City e uma motocicleta.

“Mais um grande trabalho integrado que demonstra a força da polícia baiana. As reduções nos índices criminais são resultados destas operações. Ainda temos alvos que conseguiram escapar e seguimos trabalhando para prendê-los”, destacou a delegada do Draco e coordenadora da megaoperação, Andréa Ribeiro. Salientou ainda a dedicação de toda equipe, inclusive dos também delegados Marcelo Calmon e José Mário.

O comandante de Policiamento Especializado (CPE) da PM, coronel Humberto Sturaro, por sua vez, destacou que as unidades especializadas estão afinadas e atuantes nas ações integradas. “Um trabalho muito bem feito pelo Draco e SI da SSP, que contou com o nosso total apoio”.

Além do Draco e SI, partiparam da megaoperação Polêmica equipes do Graer, COE, Batalhão de Choque, DHPP, Esquadrão Águia, Depom, Rondesp Atlântico, DCCP, 26 CIPM, Depin, DIP, Polinter e Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Além disso, verifique

Ibirataia: Um dos suspeitos de atirar em grávida morre em tiroteio com a PM

Share this on WhatsApp Um dos suspeitos de envolvimento na tentativa de homicídio contra uma ...

Deixe um Comentário