Home / Destaque / Incra realiza evento no Assentamento Terra Vista em lançamento de nova linha de crédito cacaueira

Incra realiza evento no Assentamento Terra Vista em lançamento de nova linha de crédito cacaueira

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) que é uma autarquia federal, cuja missão prioritária é executar a reforma agrária e realizar o ordenamento fundiário nacional realizou nessa terça-feira (13) em parceria com a Ceplac e outras instituições o lançamento da nova linha de crédito instalação na modalidade cacau para 70 famílias sendo 42 agricultores pertencentes ao Projeto Terra Vista localizada no município de Arataca.

O evento que começou ás 8 horas da manhã teve oficinas para produtores agrícolas sobre o sistema de produção e manejo do cacau agroecológico, além de acompanhamento dos processos pós-colheita do cacau, stands como apresentação de produtos agroecológicos produzidos no assentamento. Como também o Incra anunciou as parcerias com a Comissão Executiva de Planejamento da Lavoura Cacaueira ( Ceplac ) e com a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).

Com a presença de diversas autoridades e com o público de 300 pessoas, o assentamento também recebeu o diretor de desenvolvimento de projetos de assentamentos substituto do Incra, Douglas Souza que destacou no discurso a importância desse estímulo ao desenvolvimento da cacauicultura na Bahia.

Marcos Neres que é chefe da unidade do Incra no sul da Bahia ressaltou a expectativa de melhorias na renda familiar dos agricultores e da própria região no sul da Bahia no setor agrícola. Até o final do ano, o Incra pretende formalizar 300 contratos da modalidade Cacau do Crédito Instalação, beneficiando em torno de cinco mil famílias.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Projeto Terra Vista

O Projeto Terra Vista localizado no município de Arataca é um assentamento modelo na agroecologia, educação e na produção de chocolate artesanal. São 55 famílias assentadas, desde 1995, em uma área de 756.3 hectares. Que conquistou em 2013 o selo do Instituto Biodinâmico para orgânicos. E atualmente produzem 300 quilos por mês de chocolate.

Educação

Dentro do Terra Vista, funciona o Colégio Estadual de Educação Profissional da Floresta do Cacau e do Chocolate Milton Santos. Lá são ofertados seis cursos profissionalizantes nos três turnos, disponibilizando 700 vagas. Já o Centro Educacional Florestan Fernandes que oferece o ensino Fundamental I e II e garante o estudo de 250 crianças e jovens.

Essas ações só foram possiveis devido a luta de quase 20 anos do coordenador do assentamento Terra Vista, Joelson Ferreira, defensor do modelo produtivo agroecológico que segundo ele possibilita fixar o homem no campo e propiciar sua independência, além de permitir a proteção da biodiversidade.

 

Além disso, verifique

Denilton Santos mostra em vídeo a situação crítica do bairro Lomanto e Novo Lomanto

Share this on WhatsApp   Por diversas vezes, Denilton Santos mostrou a realidade dos moradores ...

Deixe um Comentário