Home / Destaque / Temporal causa mortes e deixa o Rio em estágio de crise

Temporal causa mortes e deixa o Rio em estágio de crise

Pelo menos três pessoas morreram no temporal que caiu no Rio entre a noite de segunda e a madrugada desta terça-feira (09). Dentre as mortes, duas aconteceram em um deslizamento de terra no Morro da Babilônia, no Leme, na Zona Sul, envolvendo as irmãs Doralice e Gerlaine do Nascimento, de 55 e 53 anos, respectivamente, que eram vizinhas. Uma terceira pessoa, um homem, está desaparecida na região.

A terceira morte aconteceu na Gávea, também na Zona Sul. O corpo de Guilherme N. Fontes, 30, foi encontrado debaixo de um carro. Ele teria sido arrastado pela Avenida Marquês de São Vicente, uma das principais vias do bairro, depois de cair de uma moto.

PREVISÃO

A previsão para esta terça é de chuva forte na parte da manhã, com ventos de moderado a forte. O céu ficará de nublado a encoberto durante todo o dia, com a máxima chegando aos 28ºC e a mínima nos 20ºC.

De acordo com o sistema Alerta Rio, o tempo fica nessas condições por causa de ventos em altos níveis da atmosfera, que atuam com um sistema de baixa pressão no oceano.

ESTÁGIO DE CRISE

A chuva que atingiu o Rio começou a cair no início da noite de segunda. Logo depois, às 18h35, a cidade entrou em estágio de atenção e às 20h55 em estágio de crise, o terceiro em uma escala de três níveis.

As áreas mais atingidas ficam na Zona Sul e no entorno do Maciço da Tijuca, que abrange bairros das zonas Norte e Oeste.

Além disso, verifique

Após autópsia, suspeita de suicídio é descartada e família diz que mulher pode ter sido vítima de aneurisma

Share this on WhatsApp Um aneurisma cerebral. Esta pode ter sido a causa da morte ...

Deixe um Comentário