Home / Brasil e Mundo / Àudios acusam vigilante de participação no assalto a Atacadão em Cuiabá

Àudios acusam vigilante de participação no assalto a Atacadão em Cuiabá

Áudios que circulam desde a noite de ontem (10.05) em grupos de WhatsApp acusam a vigilante do carro forte de ter participação no assalto, na tarde dessa sexta no Atacadão, no bairro Tijucal, em Cuiabá. Confira matéria relacionada. 

Conforme os áudios divulgados, a mulher do assaltante Dauan Félix da Silva, um dos mortos, chegou à Delgacia acusando a vigilante.

Nas câmeras de segurança, é possível ver a vigilante sendo rendida e agarrada pelo criminoso. Na ação, ela cai ao chão com um dos assaltantes, momento em que o outro vigilante atira e o mata. “A mulher estava com os caras. Era para explodir o cara da 12 só. Os cara viajou irmão”, diz um dos áudios.

Em outro áudio, afirma que “a mulher do cara que morreu chegou gritando para os polícia. A mulher vigilante que deu o canal de tudo”.

Em entrevista ao  neste sábado (11.05), o delegado que comanda a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Flávio Stringueta, confirmou que a esposa de Dauan Félix da Silva, citou a segurança, afirmando que ela teria participado. O caso segue sendo investigado.

Assalto: A tentativa de roubo a um carro forte acabou com três bandidos mortos. Vários tiros foram disparados e os três criminosos morreram no local: Luciaquino Quirino Serra de Paula, de 37 anos; Fábio Aparecido da Costa, 26 anos; Dauan Félix da Silva, mas não teve a idade revelada. 

Além disso, verifique

Mulher é morta na frente dos filhos por levar bolo ao invés de salgados a festa junina

Share this on WhatsApp Uma dona de casa de 25 anos foi assassinada com três ...

Deixe um Comentário