Home / Brasil e Mundo / Brumadinho: ‘É esse o presente que eu vou receber da Vale’, diz mãe sobre missa de 7º dia do filho

Brumadinho: ‘É esse o presente que eu vou receber da Vale’, diz mãe sobre missa de 7º dia do filho

A mesa de almoço no Dia das Mães, neste domingo (12), está mais vazia em vários lares mineiros. Centenas de mulheres perderam seus filhos na tragédia causada pela Vale, em Brumadinho. Passados 108 dias desde o rompimento da barragem de Córrego do Feijão, famílias ainda buscam forças para suportar a dor de suas perdas.

“Eu perdi os dois filhos. Meu neto iria nascer agora, daqui um mês. Não vou ser avó, não sou mais mãe, não vou mais ser avó… não sei nem o que eu vou ser na verdade”, definiu Helena Taliberti.

A tragédia da Vale, em Brumadinho, deixou uma ferida que não vai cicatrizar tão cedo. Várias mulheres viram os filhos serem arrastados pela lama que vazou da Barragem do Feijão. Nesse domingo, a dor retorna para muitas que têm um lugar a menos na mesa do almoço de Dia das Mães.

Muitas dessas mulheres sequer conseguiram enterrar os filhos, já que ainda há dezenas de desaparecidos. Neste momento, restam as lembranças de tudo o que foi vivido e uma sede por justiça, única coisa que pode devolver o sono e amenizar a falta.

Andresa Rodrigues perdeu o único filho, Bruno Rocha Rodrigues, que era funcionário da Vale. Somente no último domingo (5), mais de 100 dias após o rompimento, o corpo dele foi identificado. A missa de sétimo dia de Bruno é neste Dia das Mães, uma coincidência que Andresa preferia jamais ver.

“Foi uma pessoa incrível, que hoje é um anjo de luz, que eu tive o prazer e a honra de conviver por 26 anos e que, infelizmente, a Vale assassinou, à canetada fria com requinte de crueldade. Eu não sei mais se eu vou ter Dia das Mães, eu não sei mais se me cabe essa data agora. Uma mãe sem filho? A Vale me deixou órfã. Eu já tinha visto órfão de pai e mãe. Eu sou uma mãe órfã de filho. Então eu tenho medo do domingo. Domingo, Dia das Mães, é a missa de sétimo dia do sepultamento dele. É esse o presente que eu vou receber da Vale”, disse Andresa.

Além disso, verifique

Mulher é morta na frente dos filhos por levar bolo ao invés de salgados a festa junina

Share this on WhatsApp Uma dona de casa de 25 anos foi assassinada com três ...

Deixe um Comentário