Home / Brasil e Mundo / Com morte de homem mais velho de 123 anos; baiano pode se tornar homem mais velho do mundo

Com morte de homem mais velho de 123 anos; baiano pode se tornar homem mais velho do mundo

Nesta segunda-feira (13), morreu o homem mais velho do mundo, aos 123 anos. Segundo informações do ‘The New York Times Post’, Appaz Iliev faleceu em Inguchétia, República Russa e deixou oito filhos, e tinha 35 netos e 34 bisnetos. O homem era considerado uma inspiração apara todos em sua cidade e afirmava que o seu segredo para uma vida longa era se deitar às 19h e dormir 11 horas todos os dias. além disso, evitava beber álcool, fumar e qualquer tipo de medicamentos.

Deputado José de Arimatéia visitou o idoso recentemente

O russo começou a trabalhar com sete anos como pastor, tendo depois ingressado no Exército Vermelho e combatido durante a Guerra Civil russa entre 1917 e 1922. Aos 45 anos, foi considerado muito velho para combater na Segunda Guerra Mundial e tornou-se, então, motorista. Chegou a ser deportado, por ordem de Estaline, para o Cazaquistão, onde esteve exilado.

Segundo o Mirror, se os seus registos de nascimento estiverem corretos, ele foi o homem que mais anos viveu, superando assim o recorde anterior do japonês Jiroemon Kimura, que morreu com 116 anos.

Itajuípe

 Na pequena comunidade de UNIÃO QUEIMADA acesso aos distritos de Ilhéus – Pimenteira e Inema mora José Ferreira dos Santos. Seu Zé Pequeno como é  carinhosamente chamado pela sua esposa dona Lindaura Rocha de Jesus de 98 anos, destes 78 anos de casados – pode ser considerado o homem mais velho do Brasil.

O deputado José de Arimatéia (PRB) que é o atual presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa da ALBA, foi conhecer de perto o idoso que já está com 118 anos. Sempre brincalhão, o idoso é de poucas palavras, porém ainda lúcido, é brincalhão e não se queixa de problemas de saúde – nem de dores nas costas.

A filha dona Cremilda Ferreira que cuida do casal, com documentos nas mãos conta que o pai nasceu no dia 9 de novembro de 1900, vai fazer 118 anos na próxima sexta-feira. Nascido em Barracão – Bahia foi registrado em Buerarema, trabalhador rural, homem do campo depois de morar em vários municípios, por último, em  São José da Vitória escolheu morar com a filha há cinco anos na pacata comunidade de União Queimada.

Quando perguntaram qual o segredo para tanta vitalidade?  Dona Lindaura respondeu por ele: “não sei, bebeu, fumou e inclusive gostava muito de mascar fumo de corda”. Seu José Ferreira é um dos casos que não tem fácil explicação para tamanha vitalidade – com 118 anos de vida pode ser considerado o homem mais velho do Brasil. Com informações do Blog do Erê: http://www.blogdoere.com/2018/11/itajuipe-morador-da-uniao-queimada-pode.html

Além disso, verifique

Mulher é morta na frente dos filhos por levar bolo ao invés de salgados a festa junina

Share this on WhatsApp Uma dona de casa de 25 anos foi assassinada com três ...

Deixe um Comentário