Home / Destaque / Ilhéus: Ex-presidentes da Câmara seguem foragidos e MP reforça necessidade de prisão

Ilhéus: Ex-presidentes da Câmara seguem foragidos e MP reforça necessidade de prisão

Após de mais de 24 horas de deflagrada a Operação Xavier , os ex-presidentes da Câmara de Vereadores de Ilhéus, no sul baiano, seguem foragidos. São procurados nesta quinta-feira (26) Tarcísio Paixão, que presidiu a Casa entre 2015 e 2016, e Lukas Paiva, que comandou a Câmara entre 2017 e 2018. Os dois são atuais vereadores do município. Um servidor da Câmara e um empresário também não foram localizados.

Para o promotor Franki Ferrari, a fuga dos acusados reforça a necessidade de prisão deles. “O fato de estarem foragidos evidencia a intenção de não contribuir com a Justiça e de se furtar das responsabilidades. Isso reforça a necessidade da manutenção da prisão preventiva dos acusados”, disse o promotor ao Bahia Notícias.

Presos nesta quarta-feira (15), secretário municipal de Agricultura, Valmir Freitas do Nascimento, e os empresários Cleomir Primo Santana e Aêdo Laranjeiras de Santana foram transferidos para o presídio de Ilhéus (ver aqui). A Operação Xavier investiga um suposto esquema de fraudes em licitações e contratos e lavagem de dinheiro. Os crimes teriam ocorrido entre 2011 e 2018.

Os foragidos são procurados por uma força-tarefa que envolve o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco), a 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus e Polícia Federal.

Além disso, verifique

Zona Azul volta a funcionar em Itabuna

Share this on WhatsApp Para garantir maior mobilidade pública das vagas de estacionamento localizadas no ...

Deixe um Comentário