Home / Destaque / Nevoeiro está no centro das investigações iniciais do acidente com helicóptero de Kobe Bryant

Nevoeiro está no centro das investigações iniciais do acidente com helicóptero de Kobe Bryant

Um voo baixo, em condições difíceis e com pouca visibilidade. O helicóptero em que estava Kobe Bryant, que acabou colidindo e matando o ex-astro da NBA, sua filha e outras sete pessoas, perdeu contato com com a torre de controle enquanto voava a menos de 500 metros de altitude. Agora, o foco da investigação inicial para descobrir a causa do acidente é entender as condições do nevoeiro em Calabansas, onde ocorreu a queda.

 — Foto: Infográfico/GloboEsporte.com

Os investigadores do Comitê Nacional de Segurança do Transporte (NTSB, em inglês) iniciaram o trabalho ouvindo testemunhas oculares do acidente, buscando entender os motivos. Há um consenso que havia muita neblina no local de voo e, por isso, uma necessidade de entender a névoa para que se chegue à uma conclusão do ocorrido.

– Não parecia que estava certo, estava muito lento. Eu vi (a aeronave) caindo e chacoalhando. Mas, era difícil de entender porque estava com muita neblina. O helicóptero sumiu numa nuvem e então teve um “boom”. Vi uma grande bola de fogo. Ninguém poderia sobreviver àquilo – disse uma das testemunhas ouvidas pelo jornal “Los Angeles Times”.

Além disso, verifique

Conquista: Familiares acompanham drama de jornalista baleada na França

Share this on WhatsApp Parentes e amigos da jornalista Cristiane Tavares, em Vitória da Conquista, ...

Deixe um Comentário