Home / Destaque / IBGE prevê safra na Bahia de 8,6 milhões de toneladas de grãos em 2020

IBGE prevê safra na Bahia de 8,6 milhões de toneladas de grãos em 2020

Um levantamento do IBGE estima que a Bahia deve produzir em torno de 8,6 milhões de toneladas de cereais, oleaginosas e leguminosas em 2020. Os dados representam um crescimento de 3,5% em comparação ao ano passado e foram divulgados nesta quinta-feira (13) pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), ligada à Secretaria do Planejamento (Seplan). Na área plantada, deve haver avanço de 0,7% ante 2019, com expansão de 3,2 milhões de hectares. Os dados incluem feijão, milho, mandioca, algodão e café.

Para a mandioca, há a previsão de produção de 963 mil toneladas de mandioca, número estável em relação à safra passada. Para a cana-de-açúcar, o IBGE estima uma produção de 4 milhões de toneladas, queda de 3,9% em relação à colheita anterior. No cacau, a produção deve chegar a 110 mil toneladas, alta de 4,8%.

Ainda segundo o IBGE, o algodão teve estimativa de 1,5 milhão de toneladas, o que representa uma ligeira alta de 0,8%, em relação à safra anterior. A área plantada do produto de 350 mil hectares corresponde a uma expansão de 5,4% na mesma base de comparação.

Em relação ao café, a produção deve chegar a 181 mil toneladas. A safra do tipo arábica está projetada em 74,3 mil toneladas, variação anual de 2,6%. A safra do canephora foi estimada em 106,6 mil toneladas, recuo de 1,4%, na comparação com 2019.

Para o feijão, a colheita deve superar em 10,7% a produção de 2019, estimada em 321,5 mil toneladas. A área plantada estimada totaliza 456 mil hectares. A previsão é que a primeira safra alcance 137,3 mil toneladas, em uma área de 246 mil hectares. A produção de segunda safra está estimada em 184,2 mil toneladas, em área de 210 mil hectares.

Já o milho, a estimativa para a safra ficou em 1,9 milhão de toneladas, em 593,5 mil hectares plantados, queda de 14,8% em relação a 2019. A primeira safra do cereal pode atingir 1,5 milhão de toneladas, em 363,5 mil hectares. Por sua vez, a expectativa para a segunda safra da lavoura é de 359 mil toneladas, plantadas em 230 mil hectares.

No caso da soja, a colheita deve chegar a 5,3 milhões de toneladas, em área plantada de 1,6 milhão de hectares. Esse resultado ficaria estável em comparação com o volume produzido na safra anterior.

Além disso, verifique

Filho de Fernando Gomes é preso por homicídio; réu estava foragido

Share this on WhatsApp Preso por homicídio qualificado na manhã desta terça-feira (20), Markson Monteiro ...

Deixe um Comentário