Home / Destaque / Suzane von Richthofen processa produtora que fez filmes sobre sua história

Suzane von Richthofen processa produtora que fez filmes sobre sua história

A detenta Suzane von Richthofen, condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais,  processou a produtora Santa Rita, responsável pelos filmes que contarão a história do crime que aconteceu em 2002. A informação é do jornal O Globo. 
Dirigidos por Maurício Eça, os longas “O menino que matou meu pais” e “A menina que matou os pais” chegam aos cinemas no dia 2 de abril apresentando duas versões para a trama de acontecimentos que levou à morte do casal.
No processo, Suzane alegou que não houve sua autorização para os longas. O processo correu Comarca de Angatuba, em São Paulo, foi julgado improcedente pela juíza Larissa Gaspar Tunala e transitado em julgado.
Recentemente, a detenta também tentou proibir o livro “Suzane — Assassina e manipuladora”, de Ulisses Campbell. Venceu em duas instâncias. Mas o Supremo Tribunal Federal liberou a obra.

Além disso, verifique

Vigilância Epidemiológica mapeia quem esteve com Augusto Castro nos últimos dias

Share this on WhatsApp Uma equipe do Departamento de Vigilância Epidemiológica de Itabuna já está ...

Deixe um Comentário