Home / Destaque / BOLSONARO RECUA E REVOGA TRECHO DE MP QUE PERMITIA SUSPENDER SALÁRIOS POR 4 MESES

BOLSONARO RECUA E REVOGA TRECHO DE MP QUE PERMITIA SUSPENDER SALÁRIOS POR 4 MESES

O Presidente Jair Bolsonaro (sem partido), recua e revoga trecho de medida, um dia após publicar a MP (Medida Provisória 927), que fixava regras para a relação entre empresas e trabalhadores durante a pandemia do novo coronavírus e permitia a suspensão do contrato de trabalho por quatro meses.

Hoje, o Presidente Bolsonaro, publicou em sua rede social que decidiu rever um trecho do dispositivo e revogá-lo. Veja o trecho, publicado  pouco antes das 13h desta segunda-feira (23), no Twitter .:

“Determinei a revogacao do art.18 da MP 927 que permitia a suspensão do contrato de trabalho por até 4 meses sem salário”. 

O restante do documento, no entanto, foi mantido, podendo ser adotadas pelo empregadores as seguintes medidas: o teletrabalho, a antecipação de férias individuais, a concessão de férias coletivas, o aproveitamento e a antecipação de feriados, o banco de horas, a suspensão de exigências administrativas em segurança e saúde do trabalho, o direcionamento do trabalhador para qualificação e o diferimento do recolhimento do FGTS.

O documento também prevê, na seção sobre o teletrabalho, que “o empregador poderá, a seu critério, alterar o regime de trabalho presencial para o teletrabalho, o trabalho remoto ou outro tipo de trabalho a distância”. Na seção de férias, o documento diz que “o empregador poderá optar por efetuar o pagamento do adicional de um terço de férias após sua concessão”.

Além disso, verifique

Vigilância Epidemiológica mapeia quem esteve com Augusto Castro nos últimos dias

Share this on WhatsApp Uma equipe do Departamento de Vigilância Epidemiológica de Itabuna já está ...

Deixe um Comentário