Home / Destaque / Idoso morre vítima de covid-19 e moradores impedem enterro na Chapada Diamantina

Idoso morre vítima de covid-19 e moradores impedem enterro na Chapada Diamantina

A família de um idoso que morreu vítima de covid-19 em Salvador passou por maus bocados ao tentar sepultar o corpo dele em um distrito do município de Palmeiras, na Chapada Diamantina, nesta terça-feira (26). Alguns moradores fizeram um protesto, bloquearam a via de acesso à região, e ameaçaram a família com pedras e pedaços de pau.

O idoso Armando Carlos Mateus Barbosa da Silva tinha 70 anos e foi internado no Hospital Português, em Salvador, no dia 16 de maio. Ele estava com covid-19 e morreu na madrugada de terça-feira. Apesar de ser natural de São Paulo, Armando morava há mais de 40 anos em Salvador, e foi na Bahia que ele casou e constituiu família. A esposa dele é de Palmeiras e eles têm um jazigo no cemitério de Campo de São João, distrito do município.

A filha adotiva do casal, a arquiteta Thíssia Ramos, 28 anos, contou que era um desejo do pai ser sepultado em Campo de São João. “Toda a nossa família está sepultada lá, minhas tias, meus avós, todo mundo. Por isso, ele queria ser sepultado no mesmo local, mas não conseguimos atender ao desejo dele”, disse.

Os moradores alegaram na imprensa local que o cemitério está passando por reformas e que o sepultamento de uma pessoa vítima da covid-19 no distrito os deixariam vulneráveis ao vírus. Já a família do idoso disse que o local não está em reforma, e que adotou todos os cuidados médicos devidos para o funeral. Leia mais no CORREIO

Além disso, verifique

Jequié: Após afastamento de prefeito, vice assume cargo interino por 60 dias

Share this on WhatsApp O vice-prefeito de Jequié, no Sudoeste, Hassan Iossef, assumiu como prefeito ...

Deixe um Comentário