Home / Policial / Professora morre vítima de bala perdida em Camaçari, após 48 horas lutando pela vida

Professora morre vítima de bala perdida em Camaçari, após 48 horas lutando pela vida

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública do Governo do Estado da Bahia (SSP-BA), a professora Everaldina Vieira dos Santos, de 64 anos, veio a óbito na noite da segunda-feira (20). O crime aconteceu no sábado (18), no distrito de Coqueiro de Monte Gordo, em Camaçari. A professora foi vítima de uma bala perdida, durante um tiroteio na localidade, em meio a uma festa de paredão. Ela era residente da região.

Munícipes se descreveram “chocados com a violência” e destacaram que Pró Everaldina, como era carinhosamente chamada, era muito querida por toda a comunidade. Durante a contribuição no cenário educacional, por cerca de 40 anos, Everaldina alfabetizou muita gente em Camaçari. A professora aposentada, atuou como educadora e gestora da Escola São Salvador, em Coqueiro de Monte Gordo. (Bahia No Ar) 

O Sispec Sindicato emitiu Nota de Pesar:

O Sispec manifesta o seu profundo pesar pelo falecimento da professora Everaudina Vieira, aposentada da rede municipal de Camaçari, que atuou vários anos como educadora e gestora da Escola São Salvador, em Coqueiro de Monte Gordo. A professora foi atingida por disparo de arma de fogo durante um tiroteio entre facções criminosas no distrito de Coqueiro de Monte Gordo, onde morava.

O fato ocorreu na noite de sábado, 18/07, numa festa de paredão num bar da localidade. A professora foi hospitalizada, porém seu quadro se agravou e ela veio a óbito.

Pró Everaldina era muito querida por toda a comunidade, que está chocada com a violência e suas trágicas consequências. Solidarizamo-nos com familiares, amigos e amigas da educadora. Que Deus conforte o coração de todos neste momento de dor e luto.

Além disso, verifique

Homicídio no Zizo; Itabuna chega a 100 mortes violentas

Informações de populares dão conta de que um homem foi assassinado na manhã desta terça-feira ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *