Home / Policial / Homicídio em Ilhéus:; vítima havia saído do presídio de Itabuna

Homicídio em Ilhéus:; vítima havia saído do presídio de Itabuna

Jackson Nascimento de Oliveira, foi assassinado com vários tiros, na rua Mucuri, no distrito de Sambaituba, zona norte de Ilhéus, na noite de sábado (8). De acordo com a polícia, a vítima estava no interior de sua residência acompanhado da esposa, Cristiane Vitória da Silva Santos, e dos filhos, quando dois indivíduos chegaram armados com pistolas e bateram na porta e, ao abrir, Jackson foi alvejado nas pernas, nádegas e cabeça, morrendo na hora. Segundo investigações da polícia civil, a vítima havia deixado o Conjunto Penal de Itabuna no último dia 31 de março, após ficar preso por 9 anos, acusado pela prática de homicídio. Na unidade prisional, Jackson estava no pavilhão 1, área de domínio da facção Raio B, comandada pelo traficante Bartolomeu, o Bartô. A polícia acredita que a motivação do crime está associada a guerra entre facções, já que o homem residia em Sambaituba há cerca de 8 dias, localidade dominada pela facção Tudo 3 ou Terceiro, rival do Raio B de Itabuna. Segundo a esposa da vítima, momentos antes do homicídio, um homem, identificado como Tássio Alexandre de Freitas Jovita, um dos lideres da facção Tudo 3, passou em frente à residência olhando e encarando para a vítima. Na casa, a Polícia Militar encontrou 6 projéteis de calibre 9mm, sendo 4 cartuchos intactos e 2 deflagrados, entregues à equipe da Polícia Civil. O corpo foi removido para o Departamento de Polícia Técnica de Ilhéus, onde passou por necrópsia e liberado para sepultamento. O caso será investigado pela equipe do Núcleo de Homicídios da 7ª Coorpin, que tem à frente o delegado Helder Carvalhal. (Fábio Roberto)

Além disso, verifique

Polícia Civil apreende 90 kg de maconha em Jequié

Share this on WhatsApp A Polícia Civil de Jequié (Delegacia Territorial e Delegacia de Repressão ...

Deixe um Comentário