Home / Policial / Chefão do tráfico em Itabuna, Mivó, é preso em Porto Velho

Chefão do tráfico em Itabuna, Mivó, é preso em Porto Velho

Um dos bandidos mais perigosos de Itabuna, com atuação nos bairros Santo Antônio, São Lourenço, Novo São Lourenço e Jardim Italamar, todos localizados na Zona Norte da cidade, foi preso na noite de segunda-feira (24), no estado de Rondônia, mais precisamente na capital Porto Velho. Estamos falando de Adenilson Silva Dos Santos (Mivó), foragido em Itabuna, pois é condenado há 8 anos de prisão em regime fechado, pela prática de homicídio ocorrido em 2007 no bairro Santo Antônio. A vítima foi um homem de prenome Aécio. Ele contou com a participação de mais três comparsas. Nos anos de 2006, 2007 e 2008, estavam começando a surgir as facções Raio A e Raio B na cidade de Itabuna. De imediato, Mivó ficou como líder na sua área, e era considerado cabeça alta no mundo do crime, temido pela comunidade devido a sua frieza. Com a guerra ficando acirrada entre as organizações criminosas, os seus rivais o caçavam para executá-lo. Com isso, várias mortes do lado da quadrilha de Mivó, e do lado de seus rivais ocorriam entre os bairros Santo Antônio e São Lourenço, no ano de 2007. A área ficou conhecida como Iraque de Itabuna. Isso chamou a atenção da polícia da cidade e, com isso, Mivó fugiu e nunca mais foi encontrado. Mas ontem a noite, foi descoberto seu esconderijo. Mivó foi encontrado por policiais do Denarc de Porto Velho. Ele ainda tentou fugir entrando numa casa vizinha, mas foi localizado dentro do guarda roupas da casa. Com ele foram encontrados: 7kg e meio de pasta base de cocaína, equivalente a 200 mil reais. Policiais do Denarc disseram que Mivó ia constantemente buscar drogas na Bolívia, mostrando claramente que tinha expandido sua vida no tráfico de drogas, estando assim ligado a grandes facções do Brasil, como PCC ou CV. Em maio de 2017, policiais de Itabuna descobriram um grande carregamento de drogas em um caminhão de ferro velho, que tinha vindo justamente de Porto Velho. Na época ninguém soube quem era o dono da carga e qual facção tomou o baque. Muito provavelmente Mivó pode ser um dos homens por trás dessa carga. Não foi revelada a facção que Mivó liderava na época (2007) aqui na cidade e se ele ajudava alguma facção de Itabuna na atualidade. Sua prisão foi comemorada por policiais da 6ª Coorpin de Itabuna. Não se sabe o dia que o traficante será transferido para Itabuna, pois ele era procurado por vários crimes em Porto Velho

Além disso, verifique

Polícia Civil apreende 90 kg de maconha em Jequié

Share this on WhatsApp A Polícia Civil de Jequié (Delegacia Territorial e Delegacia de Repressão ...

Deixe um Comentário