Home / Destaque / Homem é preso suspeito de causar vazamento de gás em casa e provocar morte do filho de 4 anos

Homem é preso suspeito de causar vazamento de gás em casa e provocar morte do filho de 4 anos

Um homem foi preso suspeito de provocar um vazamento de gás e matar o próprio filho de 4 anos, na cidade de Pojuca, que fica a cerca de 75 km de Salvador. De acordo com a Polícia Militar, o caso aconteceu na segunda-feira (19), Parque São Francisco. A PM informou que a mãe da criança foi até a sede da 32ª CIPM relatando ter recebido uma ligação do ex-companheiro, que tem a guarda compartilhada de Pedro Henrique Rodrigues dos Santos, filho deles, ameaçando matar a criança e explodir a casa onde os dois estavam.

Uma equipe da PM foi até o imóvel e sentiu um forte cheiro de gás de cozinha. Foi solicitado apoio e, após a contenção e isolamento da área, foram solicitadas também unidades do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), uma viatura dos Bombeiros e uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Segundo a PM, após um tempo de negociação, o homem deixou de responder ao contato estabelecido pelo negociador e foi necessária a entrada imediata na residência, onde os PMs precisaram arrombar a porta. Os agentes encontraram caídos no chão o pai e filho, desacordados.

Eles foram socorridos e levados para o Hospital de Pojuca, mas o menino não resistiu. Já o suspeito foi hospitalizado e depois levado para a delegacia de Pojuca, onde a ocorrência foi registrada. Edgar de Oliveira Rodrigues Neto foi preso em flagrante e já teve a prisão preventiva decretada. Ele será levado para o presídio de Salvador. *Com informações do G1

Além disso, verifique

Eunápolis: Após 1 semana, todos leitos de UTI para Copvid-19 continuam ocupados

Depois de uma semana, a taxa de ocupação de UTI destinada à Covid-19 em Eunápolis, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *