Home / Brasil e Mundo / Hackers norte-coreanos dizem ter roubado ‘planos de guerra dos EUA e da Coreia do Sul’

Hackers norte-coreanos dizem ter roubado ‘planos de guerra dos EUA e da Coreia do Sul’

Hackers norte-coreanos dizem ter roubado uma grande quantidade de documentos militares da Coreia do Sul, incluindo um plano para assassinar o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un.
Rhee Cheol-hee, um advogado sul-coreano, afirmou que a informação veio do Ministério da Defesa de seu país.
Os documentos comprometidos incluiriam planos de contingência elaborados pelos Estados Unidos e pela Coreia do Sul em caso de guerra com o Norte – além de relatórios feitos para os aliados dos altos comandantes.
Até a publicação deste texto, o Ministério da Defesa da Coreia do Sul se recusou a comentar as alegações.
Os hackers teriam acessado planos que seriam usados pelas forças especiais sul-coreanas, além de informações sobre plantas nucleares importantes e outras instalações militares no Sul.
Rhee pertence ao partido do governo sul-coreano e faz parte do comitê de Defesa do Parlamento. Segundo ele, 235 GB de documentos militares foram roubados do Centro Integrado de Dados de Defesa, e 80% destes documentos ainda precisam ser identificados.
O roubo teria ocorrido em setembro do ano passado. No último mês de maio, a Coreia do Sul afirmou que uma grande quantidade de dados havia sido roubada e que seu vizinho do norte poderia ter instigado o ciberataque – mas não deu detalhes do que teria sido roubado.
A Coreia do Norte negou participação no suposto roubo.
‘Só uma coisa’
A agência de notícias sul-coreana Yonhap afirma que Seul foi vítima de uma série de ciberataques por seu vizinho comunista nos últimos anos – muitos alvejando sites e instalações governamentais.​

Além disso, verifique

Segurança ateia fogo em creche de Janaúba-MG e mata 4 crianças

Share this on WhatsAppQuatro crianças morreram queimadas em uma creche em Janaúba, no Norte de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *