Home / Esporte / Morte, bombas e confusão marcam fim do clássico entre Vasco e Flamengo

Morte, bombas e confusão marcam fim do clássico entre Vasco e Flamengo

Depois da derrota por 1 a 0 para o Flamengo, uma confusão teve início nas arquibancadas e acabou afetando até os jogadores do Rubro-Negro.
O torcedor vascaíno tentou invadir a área reservada aos visitantes e a polícia foi obrigada a agir atirando spray de pimenta em direção aos donos da casa.
De acordo com a Polícia Militar do Rio de Janeiro, quatro torcedores foram baleados. Um deles, de 27 anos, levou um tiro no tórax e morreu. O rapaz chegou a ser levado para o Hospital Souza Aguiar, na região central da cidade, porém, chegou morto. A polícia não revelou a identidade ou o time do torcedor. O crime aconteceu logo após a partida, perto do portão 9, por onde saia a torcida do Vasco. 
Olha como os jogadores do Flamengo tiveram que ir para o vestiário em São Januário
ABSURDOpic.twitter.com/bMiFHeSQx5
— iFlamengoNews! (@iFlamengoNews) July 8, 2017

O cheiro e os efeitos do gás invadiram o gramado, assim como dezenas de bombas caseiras atiradas pelos vascaínos. A confusão obrigou o policiamento a segurar os jogadores do Flamengo no gramado por cerca de 20 minutos após o término da partida.
“Tem crianças na torcida. Isso tudo é muito triste”, declarou Everton, autor do gol que definiu a vitória. “Eles têm direito de jogar aqui, mas não de fazer isso”, complementou Diego, em entrevista ao Sportv.

Além disso, verifique

Duelo entre Vera Cruz e Santo Antônio de Jesus acaba com agressão ao árbitro; assista

Share this on WhatsAppA partida entre Vera Cruz e Santo Antônio de Jesus acabou em ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *