Home / Esporte / Morte, bombas e confusão marcam fim do clássico entre Vasco e Flamengo

Morte, bombas e confusão marcam fim do clássico entre Vasco e Flamengo

Depois da derrota por 1 a 0 para o Flamengo, uma confusão teve início nas arquibancadas e acabou afetando até os jogadores do Rubro-Negro.
O torcedor vascaíno tentou invadir a área reservada aos visitantes e a polícia foi obrigada a agir atirando spray de pimenta em direção aos donos da casa.
De acordo com a Polícia Militar do Rio de Janeiro, quatro torcedores foram baleados. Um deles, de 27 anos, levou um tiro no tórax e morreu. O rapaz chegou a ser levado para o Hospital Souza Aguiar, na região central da cidade, porém, chegou morto. A polícia não revelou a identidade ou o time do torcedor. O crime aconteceu logo após a partida, perto do portão 9, por onde saia a torcida do Vasco. 
Olha como os jogadores do Flamengo tiveram que ir para o vestiário em São Januário
ABSURDOpic.twitter.com/bMiFHeSQx5
— iFlamengoNews! (@iFlamengoNews) July 8, 2017

O cheiro e os efeitos do gás invadiram o gramado, assim como dezenas de bombas caseiras atiradas pelos vascaínos. A confusão obrigou o policiamento a segurar os jogadores do Flamengo no gramado por cerca de 20 minutos após o término da partida.
“Tem crianças na torcida. Isso tudo é muito triste”, declarou Everton, autor do gol que definiu a vitória. “Eles têm direito de jogar aqui, mas não de fazer isso”, complementou Diego, em entrevista ao Sportv.

Além disso, verifique

Neymar realiza sonho de criança com doença rara

Share this on WhatsApp​ Neymar mostrou que não manda bem apenas dentro de campo: o ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *