Home / Policial / “Dorço de maconha”: erro ortográfico em nota fiscal faz polícia achar 4 toneladas da erva

“Dorço de maconha”: erro ortográfico em nota fiscal faz polícia achar 4 toneladas da erva

Um motorista foi preso em flagrante na Rodovia Régis Bittencourt (BR-116), em Cajati, na região do Vale do Ribeira (SP), ao transportar cerca de quatro toneladas de maconha. Um erro ortográfico na nota fiscal do carregamento chamou atenção de agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF). De acordo com o G1, o veículo, que seguia para Vila Velha (ES), foi interceptado no Km 521 da rodovia, em um posto de fiscalização. O caminhão tinha placas de Guarapuava (PR), transportava um contêiner frigorífico (reefer) e estava com a documentação em dia, assim como a do condutor.

Um erro na descrição do produto na nota fiscal fez com que os policiais constatassem a falsificação nos documentos referentes à carga e fizessem uma varredura. No documento, estava escrito “‘dorço’ de frango congelado”, sendo que o correto é “dorso”. Os agentes da PRF localizaram 3.920 kg de maconha no contêiner. Ao ser questionado, o motorista admitiu que carregou os congelados em Cascavel (PR), e que, em seguida, um amigo lhe pediu que transportasse a droga. Ele receberia R$ 21 mil pelo frete da maconha, contra R$ 6 mil pelo frango.

Além disso, verifique

Servidor da prefeitura de Ilhéus é assassinado no Nossa Senhora da Vitória

Share this on WhatsApp O servidor público da prefeitura de Ilhéus, Ricardo Gumilde, 43 anos, ...

Deixe um Comentário