Home / Política / No Twitter, Meirelles provoca Bolsonaro: ‘quantos empregos criou? O da Wal com certeza’

No Twitter, Meirelles provoca Bolsonaro: ‘quantos empregos criou? O da Wal com certeza’

Foto: Reprodução / Twitter

O candidato à Presidência da República Henrique Meirelles (MDB) divulgou um vídeo nas redes sociais na manhã desta segunda-feira (27), em que ataca e provoca o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). Durante o pouco mais de um minuto de duração do vídeo o ex-ministro da Fazenda relembra alguns fatos que marcam a vida pública de Bolsonaro, entre eles a condenação por dano moral à deputada federal Maria do Rosário, as denúncias de racismo e o emprego de uma funcionária fantasma que veio a público há pouco.

“Bolsonaro que você não conhece nada de economia isso todo mundo já sabe, o que é uma novidade é que você também não sabe olhar no Google. Eu tenho 10 anos de vida pública e 33 anos de trabalho em empresas e nenhum processo, se você olhasse no Google ia saber disso”, começou o candidato.

“Falando nisso olhando no Google eu vejo que você é réu por injúria e apologia ao estupro, você foi condenado a pagar R$ 10 mil a uma deputada por dano moral, você foi denunciado por racismo e tem suspeita de empregada fantasma”, continuou.

O final do vídeo publicado através da conta do candidato no Twitter assume um tom ainda mais provocativo: “além de incitar racismo o que você fez nos seus mais de 20 anos como deputado? Quantos empregos criou? O da Wal com certeza”, se referindo a Walderice Santos da Conceição, que desde 2003 era declarada como funcionária do gabinete parlamentar de Jair Bolsonaro e que na verdade era dona de um empreendimento comercial nas proximidades da casa de praia do deputado federal. Meirelles finaliza o vídeo “aconselhando” Bolsonaro: “ao invés de desrespeitar as mulheres e incitar o racismo chame o Meirelles”, concluiu

Além disso, verifique

No início do Novembro Negro, Ireuda Silva pede intensificação no combate ao racismo

Share this on WhatsApp Neste 1º de novembro, mês da Consciência Negra, a vereadora Ireuda ...

Deixe um Comentário