Home / Política / Bolsonaro ridiculariza a Globo e defende medalha para policial que matar mais de 10 bandidos

Bolsonaro ridiculariza a Globo e defende medalha para policial que matar mais de 10 bandidos

“Isso aqui está parecendo uma plataforma de tiro de artilharia”, disparou o presidenciável Jair Bolsonaro ao sentar na bancada do Jornal Nacional, da TV Globo, na noite desta terça-feira (28/08).

Durante a entrevista, que durou pouco mais de 27 minutos, o candidato do PSL, embora interrompido diversas vezes pelos apresentadores William Bonner e Renata Vasconcelos, tentou apresentar propostas, mas teve dificuldades diante das perguntas longas e do formato do programa, onde o objetivo parece ser atacar, ao invés de promover uma discussão sobre temas diversos. Porém, ao contrário de Ciro Gomes (PDT), foi agressivo e não deixou os entrevistadores o calar.

Entre um assunto e outro, Bolsonaro acabou batendo boca com a jornalista ao comentar sobre a diferença salarial entre homens e mulheres. Irritada com a resposta do político, que citou os funcionários da Globo, a jornalista afirmou que faz parte da “iniciativa privada” e não é “obrigada a dizer” quanto ganha. Bolsonaro também rebateu ao afirmar que a Globo recebe dinheiro público.

Porém, o ápice da entrevista veio durante o questionamento sobre segurança pública. O candidato disparou a metralhadora para cima da bandidagem e afirmou que, no seu governo, o policial que matar 10, 15 bandidos vai ganhar uma medalha.

Ele também desqualificou a emissora ao comentar sobre o apoio da TV Globo, através de seu fundador, Roberto Marinho, ao Golpe Militar de 1964, que durou 21 anos. Desmoralizada, a emissora emitiu nota, já no final do programa, admitindo que “foi um erro”.

Além disso, verifique

No início do Novembro Negro, Ireuda Silva pede intensificação no combate ao racismo

Share this on WhatsApp Neste 1º de novembro, mês da Consciência Negra, a vereadora Ireuda ...

Deixe um Comentário