Home / Policial / Acusado de pagar R$ 1,5 mil por morte de enfermeira é preso em Alagoinhas

Acusado de pagar R$ 1,5 mil por morte de enfermeira é preso em Alagoinhas

O servidor público Antônio Roberto Freitas Valverde Júnior foi preso, nesta quinta-feira (18), em Alagoinhas, após a Justiça expedir mandado de prisão preventiva a pedido do Ministério Público da Bahia. Ele é acusado pelo MP-BA de ser o mandante do assassinato da professora universitária e enfermeira Rosângela Gomes Costa, sua ex-namorada. Rosângela Gomes foi morta a facadas no dia 20 de abril de 2017, no interior da residência dela, na Rua Margem da Linha, em Alagoinhas. Caso teve grande repercussão à época.

Segundo a denúncia, oferecida pelo promotor de Justiça Gilber Santos de Oliveira, Antônio Valverde prometeu pagamento de R$ 1,5 mil para Edson Alves dos Santos e Lenildo Santos da Silva, denunciados como autores do feminicídio. Conforme o documento, Antônio Roberto “decidiu” mandar matar a ex-namorada em razão de ciúmes. A autoria intelectual do assassinato foi apurada por meio de investigação realizada pelo MP, com auxílio da Coordenadoria de Segurança Institucional e Inteligência (CSI) do órgão e também da Polícia Federal.

Além disso, verifique

Traficante preso no centro de Ilhéus

Share this on WhatsApp Felipe Santos de Souza foi preso em flagrante por policiais do ...

Deixe um Comentário