Home / Política / Geddel é condenado a 14 anos de prisão no caso dos R$ 51 milhões

Geddel é condenado a 14 anos de prisão no caso dos R$ 51 milhões

Lúcio Vieira recebeu pena de 10 anos e seis meses

O ex-ministro Geddel Vieira Lima foi condenado nesta terça-feira (22) a 14 anos e dez meses de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa no caso relacionado aos R$ 51 milhões em espécie encontrados em um apartamento, em Salvador, em 2017. No mesmo julamento, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) condenou o ex-deputado Lúcio Vieira Lima, irmão de Geddel, a uma pena de 10 anos e seis meses. 

Os ministros decidiram que o ex-ministro deverá continuar preso em função da condenação e ainda deverá pagar R$ 1,6 milhão como pena pecuniária pela condenação. Já Lúcio Vieira, que responde ao processo em liberdade, foi condenado a pagar a quantia de R$ 908 mil. De acordo com o site Agência Brasil, a decisão cabe recurso. 

No julgamento, o ex-assessor parlamentar Job Brandão e o empresário Luiz Fernando Costa Filho, sócio da construtora que recebeu investimentos de Geddel, foram absolvidos das acusações de lavagem e associação. 

Além disso, verifique

Oposição pede a cassação de Eduardo Bolsonaro por declarações referentes ao AI-5

Share this on WhatsApp O pedido da oposição servirá de teste para a força política ...

Deixe um Comentário