Home / Destaque / Morre a advogada itabunense Andrezza Brandão, aos 32 anos

Morre a advogada itabunense Andrezza Brandão, aos 32 anos

Parentes e amigos se mobilizaram para doação de sangue, e os cuidados médicos não faltaram, tanto em Itabuna como Salvador. Porém, não teve jeito: a advogada Andrezza da Silva Brandão Santana não resistiu quando estava sendo prepara para uma cirurgia no cérebro. Aos 32 anos, Andrezza perdeu a luta pela vida na noite de ontem, 1, quando faleceu em Salvador, para onde foi levada na semana passada. Antes, ela ficou internada em Itabuna na dependência de sangue, o que resultou numa campanha em busca de doadores. A princípio, devido a alguns sintomas, pensou-se que Andrezza, tinha contraído Coronavírus. Mas logo depois foi descoberto que ela não estava com a doença. Foi então que a família decidiu levá-la para Salvador, onde, no hospital Bahia, a advogada foi submetida a diversos exames. Mesmo assim, não se conseguiu um diagnóstico preciso. Andrezza era filha de José Carlos (José Carlos do Chapéu), funcionário da Ceplac, e de Marta Brandão. Não faltam esforços do casal itabunense para salvar a vida da filha. Contudo, apesar de todas as providências, não foi possível. Ao Diário Bahia José Carlos revelou que ainda não sabe o verdadeiro motivo da morte da filha. Disse, no entanto, que ela, depois de passar sete dias no hospital Calix Midlej Filho, em Itabuna, foi numa UTI aérea para Salvador a fim de dar sequência ao tratamento. Lá, segundo Zé Carlos, Andrezza recebeu toda assistência médica ainda na expectativa de covid-19. O exame, porém, deu negativo. Ontem à noite, informa Zé Carlos, os médicos anunciaram que a paciente tinha que se submeter a uma cirurgia na cabeça. Logo depois, foi anunciada a sua morte. “Não sei ainda se ocorreu antes ou depois da cirurgia”, informou ele. Ainda não há informações sobre velório e sepultamento, que devem ser realizados seguindo aos protocolos do Coronavírus para, assim, evitar aglomeração

Além disso, verifique

Isaquias Queiroz critica preconceito contra baianos

Share this on WhatsApp O canoísta Isaquias Queiroz criticou o preconceito contra baianos. Principal esperança ...

Deixe um Comentário